sicnot

Perfil

Mundo

Atentados na Síria mataram 184 pessoas nos últimos dois dias

O balanço de mortos registados nos atentados dos últimos dois dias nas localidades de Yabla e Tartús, na costa mediterrânea síria, aumentou para 184, segundo dados publicados hoje pelo Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Arquivo

Arquivo

© Alaa Faqir / Reuters

O maior número de mortos registou-se em Yabla, na província de Latakia, onde 136 pessoas perderam a vida em cinco explosões.

Duas explosões foram originadas por carros-bomba à entrada da região e perto da estação de autocarros, enquanto as outras três foram realizadas por suicidas com cintos de explosivos e que se detonaram em acessos a dois hospitais e nas imediações da Direção de Eletricidade.

Os meios de comunicação oficiais sírios disponibilizaram até ao momento um valor menor de vítimas, informando 78 mortes e dezenas de feridos.

O grupo radical Estado Islâmico reivindicou a autoria dos atentados e indicou que se tratou de uma vingança devido aos bombardeamentos da Rússia, aliada do regime de Damasco, capital da Síria.

Estes ataques são os primeiros deste tipo que têm lugar nas zonas de Latakia e Tartús, onde vive a grande minoria de alauitas -- à qual pertence o Presidente sírio, Bachar al Asad -- e onde os níveis de violência foram menores desde o inicio do conflito, em março de 2011.

Tartús alberga uma base naval russa e Yabla encontra-se situada perto do aeroporto militar de Hamimim, este utilizado pela aviação russa para lançar os seus bombardeamentos no território sírio.


Lusa

  • "PCP não é força de suporte do Governo"
    2:11

    País

    Ao segundo dia de congresso comunista, ouviu-se o aviso mais forte, até agora, ao PS. João Oliveira, líder parlamentar do partido, diz que o PCP não se diluiu e que não é suporte do Governo. Já Jerónimo de Sousa deixou elogios à excelente geração de jovens que estão na frente política do PCP.

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.