sicnot

Perfil

Mundo

Papa apela à oração pelas vítimas e familiares dos atentados

Papa apela à oração pelas vítimas e familiares dos atentados

O Papa Francisco condenou hoje no Vaticano os atentados terroristas que esta segunda-feira fizeram quase 200 mortos na Síria. Francisco apelou à oração pelas vítimas dos ataques e pelos familiares. O Papa assinalou ainda o dia internacional das crianças desaparecidas.

"Hoje é o dia internacional das crianças desaparecidas. É um dever de todos proteger as crianças, sobretudo aquelas que estão expostas a um elevado risco de exploração, tráfico e abusos", disse o papa.

Francisco manifestou a esperança de que "as autoridades civis e religiosas possam acordar e sensibilizar as consciências para evitar a indiferença perante o sofrimento das crianças sós, exploradas e afastadas das famílias e do seu contexto social, crianças que não podem crescer serenamente e olhar com esperança para o futuro".

No final da audiência, o papa pediu a conversão "do coração de todos os que semeiam morte e destruição", ao falar dos "atentados terroristas que, na segunda-feira, causaram a morte de mais de uma centena de civis" na Síria.

Pelo menos 184 pessoas morreram nos atentados bombistas nas cidades sírias de Tartus e Jableh, de acordo com dados da organização não-governamental Observatório Sírio dos Direitos Humanos, com sede em Londres.

Os atentados foram reivindicados pelo grupo terrorista Estado Islâmico.

  • "Estou a ficar sem água, vai ser um trabalho inglório"
    1:06

    País

    A SIC teve acesso a comunicações entre operacionais que estavam no terreno a combater os incêndios no distrito de Viseu. Nestes registos áudio, é percetível a falta de meios no terreno ou até mesmo estradas que não foram cortadas porque não havia elementos da GNR disponíveis.

  • "Quem está no Governo tem sérias responsabilidades"
    1:07

    Opinião

    Pacheco Pereira aponta falhas do Estado, dos bombeiros e da Proteção Civil como causa dos incêndios que assolaram o país no passado domingo. O comentador da SIC considera que o Governo tem responsabilidade perante o que aconteceu.

  • Um retrato devastador do "pior dia do ano"
    2:47