sicnot

Perfil

Mundo

Angela Merkel afirma que G7 deve manter sanções à Rússia

A chanceler alemão Angela Merkel afirmou hoje que o G7 deve manter as sanções impostas à Rússia por causa do conflito no leste da Ucrânia.

© Toru Hanai / Reuters

"Para mim é muito cedo para dar luz verde" a um eventual levantamento das sanções. Nenhuma mudança de posição é esperada", disse Angela Merkel aos jornalistas à margem da cimeira dos G7, que decorre até sexta-feira no Japão.

O ano passado, o grupo dos sete países mais industrializados do mundo (Canadá, França, Alemanha, Itália, Japão, Reino Unido e Estados Unidos) ameaçou Moscovo com sanções ainda mais duras "caso as suas ações o tornem necessário".

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk considerou também que o G7 deve adotar uma "posição clara e dura" sobre todos os diferendos territoriais, incluindo na Ucrânia e no mar da China.

Lusa

  • Líderes do G7 reúnem-se hoje e amanhã no Japão
    1:49

    Mundo

    Os líderes dos países mais industrializados reúnem-ne hoje e amanhã na Cimeira do G7 no Japão. Antes da reunião de hoje, o presidente do Conselho Europeu pediu mais solidariedade para com os refugiados e lembra que esta é uma crise global. O encontro de dois dias no Japão, centra-se sobretudo na economia mundial e na crise migratória.

  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.

  • Presidente do Brasil formalmente acusado de corrupção

    Mundo

    O Procurador-Geral da República do Brasil apresentou na noite de segunda-feira ao Supremo Tribunal Federal uma denúncia contra o Presidente Michel Temer e o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) pelo crime de corrupção passiva.

  • Reconquista de Mossul ao Daesh pode estar para breve
    1:27
  • Homem fala ao telefone com o filho que pensava estar morto

    Mundo

    Um norte-americano que tinha estado presente no funeral do filho recebeu, 11 dias depois, uma chamada telefónica de um homem que o pôs em contacto... com o filho que havia enterrado semana e meia antes. Tudo por causa de um erro do gabinete de medicina legal.