sicnot

Perfil

Mundo

G7 precisa de uma "posição clara e firme" sobre disputas territoriais

Os países do G7 têm de adotar uma "posição clara e firme" sobre as controversas reivindicações marítimas da China e a anexação da Crimeia pela Rússia, disse hoje o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk.

Darko Vojinovic

À margem da cimeira do G7, que decorre no Japão, Tusk alertou que o que está em causa é a credibilidade do 'clube das nações ricas'.

"O teste à nossa credibilidade no G7 é a nossa capacidade de defender os valores comuns que partilhamos", disse.

"Só vamos passar neste teste se adotarmos uma posição clara e firme sobre cada tópico das nossas discussões (...) Refiro-me em particular ao tema da segurança marítima e ao dos mares do Sul e Leste da China e à questão da Rússia-Ucrânia", afirmou.

Segundo Tusk, para defender estes valores comuns, "não basta acreditar neles", é também preciso estar "pronto para os defender".

Pequim reivindica a maior parte do Mar do Sul da China, o que gera discordância das Filipinas e Vietname.

A China tem também uma disputa com o Japão em relação a ilhas no Mar do Leste da China.

"A política do G7 é clara: qualquer reivindicação marítima ou territorial deve ser baseada na lei internacional e qualquer disputa territorial deve ser resolvida por meios pacíficos. Ação unilateral e uso de força ou coerção não serão aceites", defendeu.

Quanto à anexação da Crimeia pela Rússia, Tusk indicou que a União Europeia e o G7 continuam a acreditar que se trata de uma crise "que só pode ser resolvida em total respeito pela (...) lei internacional, especialmente a obrigação legal de respeitar a soberania, integridade territorial e independência da Ucrânia".

"Quero afirmar claramente que a nossa posição em relação à Rússia, incluindo sanções económicas, não vai mudar enquanto os acordos de Minsk não forem totalmente implementados", afirmou.

Lusa

  • Palestina anuncia congelamento total das relações com Israel

    Mundo

    O Presidente palestiniano, Mahmoud Abbas, anunciou hoje o "congelamento de relações" com Israel "a todos os níveis", quando cresce a tensão entre as partes devido ao reforço de segurança promovido pelos israelitas na Esplanada das Mesquitas, em Jerusalém.

  • Da alta finança à Casa Branca - as mudanças na comunicação de Trump
    1:22
  • Videovigilância regista impacto de sismo na Grécia

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6.7 atingiu na quinta-feira o mar Egeu e causou pelo menos dois mortos e mais de 200 feridos. O momento e o impacto causado pelo abalo foram registados através de uma câmara de videovigilância de um café, na ilha grega de Kos, um dos locais mais afetados.

  • A sátira a Sean Spicer no Saturday Night Live
    1:36

    Mundo

    O estilo de Sean Spicer foi controverso desde o início. A relação conflituosa do ex-assessor da Casa Branca com os jornalistas foi muitas vezes satirizada na comunicação social. Um exemplo é um momento do Saturday Night Live, protagonizado pela atriz Meliissa McCarthy.

  • Músico indiano toca guitarra durante cirurgia ao cérebro

    Mundo

    Abhishek Prasad foi submetido a uma cirurgia ao cérebro esta quinta-feira, num hospital na cidade indiana de Bangalore, após anos e anos a sofrer de dolorosos espasmos nas mãos. O insólito do caso foi que o músico indiano teve de tocar guitarra para ajudar os médicos durante a intervenção cirúrgica.