sicnot

Perfil

Mundo

Refugiados admitem que não há condições no campo de Idomeni

Refugiados admitem que não há condições no campo de Idomeni

Dezenas de refugiados estão a abandonar de forma independente o campo de Idomeni, no norte da Grécia, junto à fronteira com a Macedónia. Pelo segundo dia consecutivo as autoridades gregas disponibilizam autocarros para a retirada dos cerca de 8 mil residentes no campo, mas muitos preferem fazer-se ao caminho para fugir ao circuito oficial que os levará para outros centros na Grécia. Os refugiados reconhecem que o campo de Idomeni não é opção e que não tem condições para tantas pessoas.

A maioria teme ser recambiada para a Turquia ou mesmo para os países de origem, como a Síria, onde a guerra civil não dá sinais de tréguas.

O plano de evacuação deitou por terra as expectativas de milhares de pessoas que ainda acreditavam na reabertura da rota dos balcãs, mas em vez de seguirem para o norte da Europa estão a ser encaminhados para outros centros de refugiados na Grécia, erguidos nos últimos meses pelos militares e pelas autoridades gregas.

O encerramento da fronteira macedónia deixou encurraladas mais de 54 mil pessoas na Grécia. A principal porta de entrada na Europa para estes migrantes e refugiados do médio oriente.

  • 10 Minutos com Eurico Reis
    11:20

    10 Minutos

    Há quatro meses que Portugal é um dos poucos países europeus onde é possível recorrer à gestação de substituição. E há já um casal que teve luz verde para começar os tratamentos. Para um balanço, foi nosso convidado Eurico Reis, juiz desembargador e presidente do Conselho Nacional de Procriação Medicamente Assistida, a entidade que autoriza os processos de gestação de substituição.

    Entrevista completa

  • Parlamento discute utilização de animais no circo
    2:01
  • Seis meses depois da tragédia de Pedrógão Grande
    5:55

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Assinalou-se este domingo meio ano desde que o país ficou em choque com o rasto de morte e destruição causado pelos incêndios florestais na região centro. A tragédia de Pedrogão Grande foi há precisamente seis meses. Enquanto segue a reconstrução no tempo possível e com o Natal à porta, a vida prossegue, mas não voltará a ser mesma.

  • A inédita entrevista do príncipe Harry a Barack Obama
    0:47

    Mundo

    Foi divulgado um vídeo pouco habitual em que aparece o príncipe Harry a entrevistar Barack Obama para um programa de rádio. A conversa foi gravada em setembro, durante um evento desportivo para militares com deficiência, e será transmitida na íntegra no dia 27 de dezembro.