sicnot

Perfil

Mundo

Refugiados admitem que não há condições no campo de Idomeni

Refugiados admitem que não há condições no campo de Idomeni

Dezenas de refugiados estão a abandonar de forma independente o campo de Idomeni, no norte da Grécia, junto à fronteira com a Macedónia. Pelo segundo dia consecutivo as autoridades gregas disponibilizam autocarros para a retirada dos cerca de 8 mil residentes no campo, mas muitos preferem fazer-se ao caminho para fugir ao circuito oficial que os levará para outros centros na Grécia. Os refugiados reconhecem que o campo de Idomeni não é opção e que não tem condições para tantas pessoas.

A maioria teme ser recambiada para a Turquia ou mesmo para os países de origem, como a Síria, onde a guerra civil não dá sinais de tréguas.

O plano de evacuação deitou por terra as expectativas de milhares de pessoas que ainda acreditavam na reabertura da rota dos balcãs, mas em vez de seguirem para o norte da Europa estão a ser encaminhados para outros centros de refugiados na Grécia, erguidos nos últimos meses pelos militares e pelas autoridades gregas.

O encerramento da fronteira macedónia deixou encurraladas mais de 54 mil pessoas na Grécia. A principal porta de entrada na Europa para estes migrantes e refugiados do médio oriente.

  • O fim do julgamento do caso BPN, seis anos depois
    2:26

    País

    O antigo presidente do BPN José Oliveira Costa tentou adiar o fim do julgamento principal do caso com um recurso para o Tribunal Constitucional. Apesar disso, a leitura do acórdão continua marcada para esta quarta-feira, quase seis anos e meio depois de os 15 arguidos se terem sentado pela primeira vez no banco dos réus.

  • José Oliveira Costa, o rosto do buraco financeiro do BPN
    3:04

    País

    José Oliveira Costa foi o homem forte do BPN durante 10 anos e tornou-se o rosto do gigantesco buraco financeiro. Manteve-se em silêncio durante todo o julgamento, mas falou aos deputados da comissão de inquérito, para negar qualquer envolvimento no escândalo que fez ruir o BPN.

  • Saída do Procedimento por Défice Excessivo marca debate no Parlamento
    1:40
  • Filhos tentam anular casamento de pai de 101 anos

    País

    O casamento de um homem de 101 anos com uma mulher com metade da idade, em Bragança, está a ser contestado judicialmente pelos filhos do idoso, que acusam aquela que era empregada da família de querer ser herdeira.