sicnot

Perfil

Mundo

Vítimas da bomba atómica no Japão descontentes com visita de Obama a Hiroshima

Um grupo que representa as vítimas coreanas da bomba atómica lançada pelos Estados Unidos no Japão acusou hoje Barack Obama de negligenciar o seu sofrimento, antes da visita do Presidente a Hiroshima.

© Toru Hanai / Reuters

A Associação de Vítimas Coreanas da Bomba Atómica estima que entre 40 mil e 70 mil coreanos morreram em Hiroshima e Nagasaki quando as bombas atómicas foram lançadas sobre as duas cidades em agosto de 1945.

A península coreana esteve sob domínio colonial japonês nessa época, e a maioria dos que morreram foram recrutados pelo exército japonês ou participavam em trabalhos forçados.

A associação argumenta que houve múltiplas vítimas coreanas, que merecem um pedido de desculpas tanto dos Estados Unidos como do Japão.

Cerca de duas dezenas de membros do grupo, incluindo sobreviventes e familiares dos que morreram, reuniram-se junto à embaixada dos Estados Unidos em Seul com cartazes onde se lia "Peçam desculpa às vítimas coreanas pela bomba atómica" e "Reconheçam a segunda geração de vítimas".

Na sexta-feira, Obama torna-se o primeiro Presidente norte-americano no ativo a visitar Hiroshima e, apesar de já ter afirmado que não fará um pedido de desculpas, a Coreia do Sul receia que a viagem se vá inserir numa narrativa que apenas se foca no sofrimento do Japão, ignorando as consequências do período colonial e guerra noutros povos.

Lusa

  • As crianças e o frio. O que vestir
    1:58

    País

    O médico Pedro Ribeiro da Silva, da Direção-Geral da Saúde, aconselha especial cuidado com as extremidades do corpo - usar luvas e gorros. E demasiado agasalhadas pode levá-as a transpirar mais e, consequentemente, desidratar.

  • Mortágua acusa PSD de andar a brincar com a vida das pessoas
    0:47

    Opinião

    No Esquerda/Direita da SIC Notícias, António Leitão Amaro reafirmou ontem à noite que o PSD não é contra o aumento do salário mínimo mas contra a descida da TSU. Já Mariana Mortágua acusou os sociais-democratas de andar a brincar com a vida dos portugueses.

  • Pelo menos 30 mortos e 75 feridos em incêndio e derrocada de edifício em Teerão

    Mundo

    Pelo menos 30 bombeiros morreram esta quinta-feira e cerca de 75 pessoas ficaram feridas em Teerão, quando um edifício de 17 andares ruiu depois de ser consumido pelas chamas, noticiaram os meios de comunicação estatais iranianos. O edifício "Plasco" situa-se no centro da capital iraniana, a norte da zona do mercado.

    Em desenvolvimento

  • Os finalistas do Carro do Ano 2017 são...
    0:53

    Economia

    São sete os escolhidos pelos jurados do Carro do Ano, iniciativa do Expresso e da SIC Notícias. À final chegaram o Citroen C3 Pure Tech, o Hyundai IONIQ Hybrid Tech, da Kia o novo modelo Optima Sportwagon 1.7 CRDi GT Line, o Peugeot 3008 Allure 1.6 BlueHdi, o Renault Mégane Sport Tourer Energy dCI, o SEAT Ateca 1.6 TDI CR Style e ainda o Volvo V90.