sicnot

Perfil

Mundo

Áustria quer impedir peregrinação de nazis a casa onde Hitler nasceu

O governo da Áustria anunciou ter apresentado hoje um projeto de lei referente à casa em que nasceu Hitler, para resolver uma batalha judicial com a proprietária e impedir que se torne num local de peregrinação nazi.

© Dominic Ebenbichler / Reuters

Segundo um comunicado do Ministério do Interior, o objetivo do projeto de lei é expropriar a casa, transferindo-a para o Estado austríaco.

"Impedir que o local de nascimento de Hitler se torne num local de peregrinação ou de memória para os que têm ideais (nazis)" é o objetivo do governo desde a década de 1970, lê-se no comunicado.

Naquela data, as autoridades austríacas e Gerlinde Pommer assinaram um contrato de arrendamento, para a abertura de um centro de dia para deficientes na propriedade.

A casa, localizada no centro histórico de Braunau am Inn, norte da Áustria, está vazia desde 2011 e está classificada como património.

No seu comunicado, o Ministério acrescenta que face à impossibilidade de chegar a acordo com a proprietária, Gerlinde Pommer, iniciou em 2011 uma batalha judicial.

O desacordo teve origem na recusa da proprietária em fazer reformas no local.

A população de Braunau está dividida entre transformar a casa num centro de refugiados ou num museu da libertação da Áustria do domínio nazi.

A casa de Hitler é frequentemente palco de manifestações antifascistas e também de encontros de simpatizantes do regime nazi.

Adolf Hitler nasceu a 20 de abril de 1889 e dirigiu a Alemanha entre 1934 e 1945, à frente de um regime que se baseava na supremacia racial, de inspiração nazi e que viria a desembocar na Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Lusa

  • Paulo Macedo pede calma para o bem do banco
    1:45

    Caso CGD

    Paulo Macedo falou pela primeira vez desde que foi eleito o novo Presidente da Caixa Geral de Depósitos e, para o bem do banco público, pediu calma a todos. Passos Coelho veio dizer que a recapitalização da Caixa pode ter de ser feita no verão do próximo ano para salvaguardar o défice deste ano. Já António Costa preferiu não comentar as declarações de Passos e diz que o banco público há muito que precisava de ser recapitalizado.

  • Condutores continuam com dúvidas em como circular numa rotunda
    2:06

    País

    Circular nas rotundas continua a ser um problema para muitos condutores. Cerca de 3 mil foram multados nos últimos três anos depois da entrada em vigor do novo código, os números são avançados pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária. Os instrutores de condução dizem que a medida provoca mais confusão nas horas de ponta.

  • O que aconteceu à menina síria que relatava a guerra no Twitter?
    1:59
  • Youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Reportagem da SIC "Renegados"
    1:27

    Grande Reportagem SIC

    O youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Grande Reportagem SIC "Renegados". Desde ontem já teve 67 mil visualizações no Facebook. Imagine que ia renovar o cartão de cidadão e diziam-lhe que afinal não é português? Mesmo tendo nascido, crescido, estudado e trabalhado sempre em Portugal? Foi o que aconteceu a inúmeras pessoas que nasceram depois de 1981, quando a lei da nacionalidade foi alterada.«Renegados» é como se sentem estes filhos de uma pátria que os excluiu. Para ver, esta quarta-feira, no Jornal da Noite da SIC.

  • "A nossa guerra não deixou heróis, só vilões e vítimas"
    5:26

    Mundo

    Luaty Beirão é o rosto mais visível de um movimento de contestação ao regime angolano que começou em 2011, ano da Primavera árabe. Mas a par dos 15+2, mediatizados num processo que os condenou por lerem um livro, outros activistas arriscam diariamente a liberdade.