sicnot

Perfil

Mundo

Jovens iranianos condenados a 99 chicotadas por dançarem em festa de finalistas

Cerca de 30 jovens que festejavam numa casa do norte do Irão, foram condenados a 99 chicotadas cada um, uma pena que foi imediatamente aplicada, segundo uma agência noticiosa iraniana.

© Thaier Al-Sudani / Reuters (Arquivo)

"Mais de 30 raparigas e rapazes, que não se conheciam, e que dançavam numa festa de finalistas foram presos e punidos", declarou quinta-feira Esmail Sadeghi Niyaraki, procurador-geral da cidade de Qazvin, à agência noticiosa da autoridade judiciária Mizaonline.

Niyaraki disse que a festa teve lugar perto de Qazvin, no jardim de uma casa, sem precisar a data.

Após as detenções, um tribunal reuniu-se de urgência e condenou cada um dos jovens a receber 99 chicotadas que "foram dadas nesse mesmo dia" pelos membros da polícia de costumes, acrescentou.

"A detenção dos jovens que estavam seminus, consumiam álcool e comportavam-se de maneira indecente, choca a opinião pública", afirmou o procurador.

Niyaraki ficou contente e deu "graças a Deus" porque "em menos de 24 horas, os interrogatórios, a investigação, o processo, a sentença e a sua aplicação, foram fechadas".

Segundo o procurador, isto é "uma lição para os que tentem violar as regras" da República islâmica, onde é proibido aos homens e às mulheres dançarem em conjunto - principalmente se estas não estiverem a usar o véu islâmico - e consumirem álcool.

Desde a Revolução islâmica de 1979 que o véu islâmico é obrigatório no Irão para todas as mulheres.

O procurador-geral de Qazvin também referiu que os restaurantes e os quartos da cidade "que organizem festas mistas ou sirvam álcool - ou naqueles em que o álcool for encontrado - serão fechados".

Lusa

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.