sicnot

Perfil

Mundo

Homem recupera no hospital depois de ter sido mordido por cobra pitão no pénis

Um tailandês que lutou contra uma cobra pitão de três metros que lhe mordeu o pénis quando ele estava agachado na sanita está a recuperar, informou hoje o pessoal do hospital na Tailândia.

Homem recupera no hospital depois de ter sido mordido por cobra pitão no pénis

Homem recupera no hospital depois de ter sido mordido por cobra pitão no pénis

BBTV CH7 Thailand

Atthaporn Boonmakchuay foi hospitalizado depois de ter sido mordido pela cobra, na sua casa, na província de Chachoengsao, a leste de Banguecoque, na quarta-feira.

"Ele pode urinar normalmente e as dores da ferida foram reduzidas", disse à AFP Rungnapa Sehawong, um supervisor no hospital Chularat 11.

O homem de 38 anos está a ser tratado com antibióticos e deverá ter alta nos próximos dias, acrescentou.

Numa entrevista dada a partir da cama do hospital, após o incidente, Atthaporn disse às televisões locais que a sanita parecia estar vazia quando ele se agachou.

"Mas depois de algum tempo (a cobra) saiu da sanita e mordeu-me", disse, explicando que reagiu agarrando a serpente pelo pescoço.

"Primeiro pensei que me tinha dilacerado o pénis, porque (a dor) era mesmo muito forte", acrescentou.

O homem conseguiu, porém, manter as mandíbulas da cobra abertas, enquanto a sua mulher e vizinho acudiram ao local e taparam a cabeça da cobra com um saco de plástico.

Mais tarde uma equipa de resgate destruiu à martelada a sanita e libertou a cobra, segundo a imprensa local.

Lusa

  • Piton ataca homem quando estava na casa de banho
    0:29

    Mundo

    Uma cobra piton de 3 metros mordeu um homem em Banguecoque, na Tailândia. O homem de 38 anos ficou ferido nos órgãos genitais depois de ter sido atacado pela cobra quando estava na casa de banho.Os serviços de emergência foram chamados para retirar a cobra que acabou por ser libertada. O homem continua hospitalizado a recuperar das lesões.

  • Atirador canadiano mata combatente do Daesh a 3,5km de distância

    Mundo

    Um atirador das Forças Especiais do Canadá matou um combatente do Daesh com um tiro disparado a 3,5 quilómetros de distância, no passado mês de maio, no Iraque. O Comando de Operações Especiais canadiano garantiu à BBC que a distância do disparo, realizado com sucesso, é já considerada um recorde na história militar.

  • Revelada a verdadeira identidade de Banksy?

    Cultura

    O músico e produtor Goldie pode ter revelado a identidade do artista mais conhecido por Banksy, durante uma entrevista ao podcast do rapper Scroobius Pip. Goldie referiu Robert Del Naja de forma acidental e os fãs acreditam que a identidade do artista britânico foi finalmente desvendada.

  • "Mãe, por favor, para de dizer asneiras. Não quero que leves um tiro"
    0:51

    Mundo

    O Departamento de Investigação da Polícia do Minnesota divulgou esta sexta-feira um vídeo com imagens de um incidente que levou à morte de um afro-americano pela polícia, nos Estados Unidos da América. Em julho de 2016 um polícia atingiu mortalmente Philando Castile, de 32 anos, durante uma operação de controlo rodoviário. O homem procurava os documentos de identificação quando o polícia disparou quatro tiros. Nas imagens é possível ver o desespero da filha da companheira de Philiando Castile, minutos depois de ter visto o padrasto a morrer. O agente responsável pela morte de Castile foi absolvido pelo Tribunal na semana passada.

  • Depois da "provocação", o acidente em cadeia
    0:43

    Mundo

    Um vídeo de um acidente numa autoestrada em Santa Clarita, na Califórnia (EUA), está a tornar-se viral nas redes sociais. Nas imagens é possível ver um motociclista a dar um pontapé num carro que seguia à sua frente. Como forma de "retribuição", o carro vira na direção da mota mas bate no separador e depois numa carrinha que acabou por capotar. Segundo a imprensa norte-americana o condutor da carrinha foi levado para o hospital com ferimentos ligeiros. Já a pessoa que conduzia a mota seguiu o seu caminho.