sicnot

Perfil

Mundo

Portugueses na Venezuela temem conflito armado

ENVIADOS SIC

Portugueses na Venezuela temem conflito armado

Entre os portugueses que vivem na Venezuela cresce o temor de que a crise política e económica se transforme num conflito armado. Os enviados da SIC à Venezuela falaram com casal de portugueses que vivem no país para tentar perceber como tentam contornar as dificuldades.

  • Venezuelanos têm medo de um "banho de sangue"
    1:56

    Mundo

    A falta de alimentos e medicamentos e as longas filas à porta dos supermercados estão a preocupar os venezuelanos que têm receio que o país possa mergulhar numa crise profunda como a que viveu no final da década de 80. Segundo os relatos dos enviados especiais da SIC ao país vive-se um clima de terror e há receio de um "banho de sangue". A jornalista da SIC, Sofia Arêde está na Venezuela a acompanhar os últimos desenvolvimentos.

  • Crise na Venezuela faz crescer mercado negro
    2:53

    Mundo

    Num clima de crescente tensão política e social, a economia paralela na Venezuela tem terreno fértil para crescer. Os enviados da SIC à Venezuela, Sofia Arede e Odacir Júnior estiveram hoje no mercado do Bairro de Petare, uma das maiores favelas do mundo e onde a luta pela sobrevivência corre paralela ao mercado negro.

  • "É fundamental apoiarmos as famílias portuguesas" na Venezuela
    3:23

    Mundo

    A tensão política e social que se vive na Venezuela faz com que alguns emigrantes portugueses queiram regressar à Madeira. O presidente do Governo Regional da Madeira, diz que é fundamental apoiar as famílias portuguesas e que a TAP deveria retomar a ligação direta entre Caracas e o Funchal. Miguel Albuquerque garante que a comunidade portuguesa na Venezuela está a ser acompanhada pelos consulados e apoiada pelos centros sociais.

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Inocência e talento marcaram o 9.º dia de Mundial
    0:56
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após violenta tempestade
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC