sicnot

Perfil

Mundo

Cinco capacetes azuis morrem em emboscada terrorista no centro do Mali

Cinco capacetes azuis foram mortos este domingo numa emboscada no centro do Mali, informou a missão da ONU no país (MINUSMA), que disse tratar-se de um novo "ataque terrorista".

© Jacky Naegelen / Reuters

"Segundo informações preliminares, cinco capacetes azuis foram mortos e um outro ficou gravemente ferido", indicou em comunicado a missão, explicando que o ataque ocorreu na região de Mopti.

"Condeno vigorosamente este crime abjeto que se junta a outros atos terroristas contra os nossos soldados da paz e que à luz do direito internacional são crimes contra a humanidade", declarou Mahamat Saleh Annadif, representante especial do secretário-geral das Nações Unidas e chefe da MINUSMA.

A ONU não indicou a nacionalidade das vítimas, mas uma fonte da polícia do Mali tinha dito anteriormente à AFP que pelo menos quatro 'capacetes azuis' do Togo tinham sido mortos.

Esta é a primeira vez que soldados que integram a missão da ONU são mortos no centro do Mali.

O ataque de hoje ocorreu depois de, na sexta-feira, terem sido mortos cinco soldados do Mali no norte do país, na explosão de uma mina à passagem dos veículos em que seguiam.

Na semana anterior, cinco 'capacetes azuis' chadianos foram mortos e três ficaram gravemente feridos numa emboscada na região de Kidal, no nordeste do Mali.

O norte do Mali ficou em 2012 sob o controlo de grupos terroristas ligados à Al-Qaida. Os jihadistas foram afastados de grande parte do território por uma intervenção militar internacional, lançada em janeiro de 2013 por iniciativa da França, mas há ainda zonas que escapam ao controlo das forças estrangeiras e do Mali.

Lusa

  • Vem lá chuva

    País

    A chuva vai voltar a Portugal continental a partir de quarta-feira e pelo menos até domingo, enquanto as temperaturas mínimas deverão subir.

  • "O Sporting é o um barco à deriva"
    2:26
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    A crise do Sporting foi o principal tema em O Dia Seguinte, esta segunda-feira. José Guilherme Aguiar censura Bruno de Carvalho por ter convidado Jorge Jesus para a comissão de honra da recandidatura. Já Rogério Alves não tem dúvidas que a contestação tem aumentado de tom devido à proximidade das eleições do Sporting. Rui Gomes da Silva pensa que toda a direção leonina é responsável pelo mau momento atual do clube.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Violação emitida em direto no Facebook

    Mundo

    Três homens foram detidos na Suécia, por suspeitas de violação de uma mulher, num apartamento a 70 quilómetros da capital. Os suspeitos filmaram o ato de violência e exibiram-no em direto no Facebook.

  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.