sicnot

Perfil

Mundo

Libertado um dos suspeitos da violação coletiva no Rio de Janeiro

Foi libertado um dos suspeitos da violação coletiva de uma menor no Rio de Janeiro e que está a chocar o Brasil.

© Ricardo Moraes / Reuters

O homem foi interrogado pela polícia e libertado depois por falta de provas. Isto enquanto decorria uma operação militar na favela do Rio onde ocorreu a violação para identificar os autores do crime. As autoridades apreenderam três carros roubados e droga mas não há, para já, ninguém detido.

A adolescente de 16 anos terá sido violada por mais de 30 homens no passado fim de semana. O vídeo gravado pelos agressores foi colocado a circular na internet e já mereceu a condenação da própria Organização das Nações Unidas bem como de altos responsáveis brasileiros

  • Aeroporto Cristiano Ronaldo? Nem todos os madeirenses estão de acordo
    2:21
  • Fatura da água a dobrar
    2:26

    Economia

    Desde o início do ano que a população de Celorico de Basto está a receber duas faturas da água para pagar. Tanto a Câmara como a Águas do Norte reclamam o direito a cobrar pelo serviço. Contactada pela SIC, a Entidade Reguladora esclarece que o município não pode emitir faturas e tem de devolver o dinheiro.

  • Vala comum com 6 mil corpos em Mossul
    1:43

    Daesh

    Há suspeitas de que o Daesh tenha criado uma vala comum com cerca de seis mil corpos a sul de Mossul, no Iraque. A área em redor estará minada. A revelação é de uma equipa de reportagem da televisão britânica Sky News.

  • A menina que os pais queriam chamar "Allah"

    Mundo

    ZalyKha Graceful Lorraina Allah tem 22 meses, anda não sabe ler nem escrever mas já está no centro de um processo judicial contra o Estado da Georgia, nos EUA. Os pais, Elizabeth Handy e Bilal Walk, apoiados por uma ONG, exigem na justiça que o nome seja reconhecido na certidão de nascimento para que a criança possa ser inscrita na escola, na segurança social ou nos registos e notoriado. O casal já tem um filho de 3 anos que se chama Masterful Mosirah Aly Allah.