sicnot

Perfil

Mundo

Polícia indiana prende dois suspeitos após violação e enforcamento de jovem

A polícia indiana informou hoje ter prendido dois homens por suspeita de violação de uma adolescente, cujo corpo foi encontrado pendurado numa árvore, num caso idêntico a um outro ocorrido no mesmo Estado.

Arquivo reuters

A menina, que teria 15 anos e pertenceria a uma das mais baixas castas sociais, foi estrangulada -- alegadamente por três homens -- na noite de sexta-feira, fora da sua aldeia, no Estado de Uttar Pradesh, no norte da Índia.

O corpo da rapariga foi encontrado na manhã seguinte pendurado pelo seu lenço numa árvore, a aproximadamente um quilómetro da sua casa no distrito de Bahraich, indicou o superintendente da polícia Salik Ram Verma, à agência noticiosa AFP.

Dois homens foram detidos e "um terceiro encontra-se em fuga", disse.

A rapariga deixou a sua casa para secretamente se encontrar com um dos homens, descobrindo depois que ele levara dois amigos, que a atacaram.

"Quando a menina resistiu, foi violada e depois estrangulada. Para fazer com que parecesse um caso de suicídio, penduraram o corpo dela numa árvore", acrescentou o mesmo responsável.

Quatro polícias locais foram entretanto suspensos devido à falta de ação inicial relativamente ao caso, que desencadeou a indignação dos moradores.

  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.