sicnot

Perfil

Mundo

Confirmados 16 anos de prisão para comandante do navio Costa Concordia

A justiça italiana confirmou hoje em segunda instância a condenação a 16 anos de prisão do comandante do navio de cruzeiros Costa Concordia, cujo naufrágio ao largo de Itália fez, em janeiro de 2012, 32 mortos.

© Max Rossi / Reuters

O antigo comandante do navio, Francesco Schettino, ausente da audiência do tribunal de Florença, tinha sido condenado em fevereiro de 2015 por homicídio, abandono do navio e naufrágio pelos juízes do tribunal de Grosseto, na Toscana, onde o seu julgamento em primeira instância se iniciou em julho de 2013.

Foi então condenado a uma pena de 16 anos e um mês de prisão efetiva, apesar de o ministério público ter pedido 26 anos de reclusão.

Em recurso, o ministério público pediu 27 anos de prisão e os seus advogados, a absolvição.

O ex-comandante do Costa Concordia não irá, contudo, já para a prisão, porque a sentença ainda não é definitiva: existe a possibilidade de mais um recurso.

O Costa Concordia, que navegava demasiado perto da costa da ilha toscana de Giglio, embateu num rochedo na noite de 14 de janeiro de 2012 e afundou-se a algumas dezenas de metros da ilha, com 4.229 pessoas a bordo, 3.200 delas turistas.

Trinta e duas pessoas morreram, incluindo duas cujos cadáveres nunca foram encontrados.

O navio naufragado e em parte imerso foi, depois, novamente posto a flutuar e transportado, em julho de 2014, até ao porto de Génova para aí ser desmantelado.

Lusa

  • Vídeo mostra comandante do Costa Concordia prestes a abandonar o navio
    0:26

    Mundo

    Um vídeo hoje divulgado mostra o comandante do Costa Concordia prestes a abandonar o navio de cruzeiro na noite da tragédia. Francesco Schettino, está à espera de uma embarcação salva-vidas, o que demonstra que não caiu "num movimento brusco do navio" como havia alegado. O comandante é apontado como o principal responsável pelo naufrágio, que fez 32 mortos, em janeiro de 2012. Está acusado de homicídio e abandono da embarcação. Esta é uma das provas apresentadas em julgamento. As imagens foram filmadas pelos bombeiros e divulgadas agora pela imprensa italiana. Em Tribunal já foi pedida uma pena de 20 anos de prisão.

  • Coutinho e Neymar salvam Brasil já na compensação

    Mundial 2018 / Brasil

    O Brasil venceu a Costa Rica por 2-0 numa partida a contar para a 2ª jornada do grupo E do Mundial da Rússia. Contas feitas, o Brasil sobe para o primeiro lugar do grupo, com 4 pontos, seguido da Sérvia com 3 pontos. A Suíça (1 ponto) e a Costa Rica (0 pontos) ocupam, assim, os últimos lugares da tabela.

  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • Moutinho e Raphael Guerreiro de "baixa", Fonte disponível "para tocar bombo"
    1:52
  • Mulher morre após ser mandada para casa pelo Centro Hospitalar do Oeste
    2:23

    País

    Uma mulher morreu depois de ter tido alta no Centro Hospitalar do Oeste. Há fortes suspeitas que tenha sido vítima de um diagnóstico mal feito por uma empresa de telemedicina. O Bastonário da Ordem dos Médicos quer avaliar todos os contratos do Estado com serviços de telemedicina e impedir que as empresas e os hospitais fujam às responsabilidades. Até agora ninguém foi responsabilizado, a família apresentou várias queixas e Entidade Reguladora da Saúde abriu um inquérito.

  • Antigo campeão nacional de Ori-BTT, de 19 anos, morreu em colisão com carro
    1:42

    País

    Um ciclista de 19 anos morreu e o pai ficou gravemente ferido, numa colisão com uma viatura que fazia uma inversão de marcha, em Loulé, na quarta-feira. Quando o acidente aconteceu, o jovem estava a treinar para um campeonato na Hungria, onde ia participar dentro de poucos dias. Duarte Lourenço, que chegou a ser campeão nacional de Ori-BTT, pertencia ao escalão de Juniores, devido à sua idade, mas por vontade própria fazia escalão Sénior.