sicnot

Perfil

Mundo

Governo e Renamo chegam a consenso sobre agenda do diálogo para a paz

​O Governo moçambicano e a Renamo (Resistência Nacional Moçambicana), principal partido de oposição, chegaram segunda-feira a consenso em relação à proposta de agenda do diálogo sobre o fim da instabilidade política e militar no país.

"Durante este período em que estivemos reunidos, conseguimos consensualizar a proposta de agenda que vamos remeter às nossas lideranças e, depois deste envio, teremos a proposta definitiva", disse hoje aos jornalistas José Manteigas, deputado e membro da delegação da Renamo.

Citado pelo jornal 'O País', José Manteigas afirmou que as delegações do Governo moçambicano e da Renamo chegaram também a entendimento sobre as linhas gerais dos termos de referência do diálogo ao mais alto nível para o fim dos confrontos entre as forças de defesa e segurança moçambicanas e o braço armado do principal partido de oposição.

A reunião de segunda-feira, realizada no edifício da Assembleia da República de Moçambique, foi a segunda entre o Governo e a Renamo da ronda negocial que marcou o reatamento, na quarta-feira da semana passada, do diálogo entre as duas partes, que havia sido interrompido há vários meses.

As delegações do Governo e da Renamo têm a missão de preparar as condições para um encontro entre o chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, e o líder da Renamo, Afonso Dhlakama, visando acabar com a instabilidade no país.

Alguns pontos do centro de Moçambique têm sido nos últimos meses palco de confrontos entre as forças de defesa e segurança e o braço armado da Renamo e vários troços da principal estrada do país são alvos de ataques atribuídos ao movimento.

A Renamo exige governar as seis províncias do centro e norte do país onde reivindica vitória nas eleições gerais de 2014, como condição para o fim do conflito armado.


Lusa

  • Nomeados para os Óscares são anunciados hoje

    Óscares 2017

    As nomeações para a 89ª. edição dos Óscares, os prémios da Academia norte-americana de cinema, são conhecidos esta terça-feira e pela primeira vez o anúncio será feito apenas via Internet. Para ver também aqui em direto, na SIC Notícias, a partir das 13:00.

    Aqui às 13:00

  • "O Sporting é o um barco à deriva"
    2:26
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    A crise do Sporting foi o principal tema em O Dia Seguinte, esta segunda-feira. José Guilherme Aguiar censura Bruno de Carvalho por ter convidado Jorge Jesus para a comissão de honra da recandidatura. Já Rogério Alves não tem dúvidas que a contestação tem aumentado de tom devido à proximidade das eleições do Sporting. Rui Gomes da Silva pensa que toda a direção leonina é responsável pelo mau momento atual do clube.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • "Todo o mundo no voo estava a orar em voz alta"
    4:00
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Governo avança com plano para a utilização da bicicleta

    País

    O ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, anunciou esta seguda-feira em Caminha a elaboração, este ano, de um Plano Nacional para a Promoção da Bicicleta e Outros Modos de Transporte Suaves para estimular a utilização daquele meio de transporte.