sicnot

Perfil

Mundo

Governo e Renamo chegam a consenso sobre agenda do diálogo para a paz

​O Governo moçambicano e a Renamo (Resistência Nacional Moçambicana), principal partido de oposição, chegaram segunda-feira a consenso em relação à proposta de agenda do diálogo sobre o fim da instabilidade política e militar no país.

"Durante este período em que estivemos reunidos, conseguimos consensualizar a proposta de agenda que vamos remeter às nossas lideranças e, depois deste envio, teremos a proposta definitiva", disse hoje aos jornalistas José Manteigas, deputado e membro da delegação da Renamo.

Citado pelo jornal 'O País', José Manteigas afirmou que as delegações do Governo moçambicano e da Renamo chegaram também a entendimento sobre as linhas gerais dos termos de referência do diálogo ao mais alto nível para o fim dos confrontos entre as forças de defesa e segurança moçambicanas e o braço armado do principal partido de oposição.

A reunião de segunda-feira, realizada no edifício da Assembleia da República de Moçambique, foi a segunda entre o Governo e a Renamo da ronda negocial que marcou o reatamento, na quarta-feira da semana passada, do diálogo entre as duas partes, que havia sido interrompido há vários meses.

As delegações do Governo e da Renamo têm a missão de preparar as condições para um encontro entre o chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, e o líder da Renamo, Afonso Dhlakama, visando acabar com a instabilidade no país.

Alguns pontos do centro de Moçambique têm sido nos últimos meses palco de confrontos entre as forças de defesa e segurança e o braço armado da Renamo e vários troços da principal estrada do país são alvos de ataques atribuídos ao movimento.

A Renamo exige governar as seis províncias do centro e norte do país onde reivindica vitória nas eleições gerais de 2014, como condição para o fim do conflito armado.


Lusa

  • Japão ganha nova esperança ao derrotar a Colômbia (2-1)

    Mundial 2018 / Colômbia

    No primeiro jogo do grupo H, a Colômbia foi derrotada pelo Japão. Um dos momentos altos do jogo aconteceu logo ao minuto 4 quando, na sequência de uma falta de Carlos Sanchez, o árbitro assinalou um penálti a favor da equipa japonesa. O colombiano levou um cartão vermelho, depois de ter intercetado um remate do Japão com a mão. Apesar da desvantagem numérica, a Colômbia iguala o marcador aos 39 minutos com um livre de Quintero. Contudo, Yuya Osako colocou o Japão novamente em vantagem aos 73 min.

  • Hospitais públicos à beira da rutura
    2:28
  • Baleia morta ao largo da Fonte da Telha, autoridades lançam alerta à navegação
    2:19

    País

    As autoridades maritimas lançaram um alerta à navegação ao largo da praia da Fonte da Telha, na Costa da Caparica, devido à presença de uma baleia morta. O animal de 15 metros está na zona da praia da Fonte da Telha e ao início da tarde estava a ser acompanhada por uma lancha da Marinha, como relatou o repórter da SIC, André Palma.

  • OMS inclui dependência dos videojogos na lista de doenças mentais

    Mundo

    A Organização Mundial de Saúde (OMS) incluiu a dependência de videojogos na lista de doenças mentais, uma possibilidade que tinha sido prevista no início do ano e que foi anunciada esta segunda-feira. Este pode ser mais um argumento para os pais limitarem o tempo de acesso dos filhos às consolas, computadores e todos os dispositivos com videojogos.

  • Repitam comigo: Portugal vai ser campeão do Mundo
    4:56
  • "Estou a ser posta porta fora (...) faço o que vocês me disserem"
    2:43
  • "Estamos a plantar fósforos"
    2:09

    Opinião

    O calor regressou esta segunda-feira em força e no terreno estiveram quase 1300 bombeiros a combater 70 fogos por todo o país. Depois da tragédia de Pedrógão Grande, o Presidente da República diz que a consciência do país mudou mas é preciso fazer mais. Já Miguel Sousa Tavares diz que o país está mais preparado para combater os incêndios do que alguma vez esteve. No entanto, o comentador da SIC diz que já foram plantados mais de "2500 hectares de eucaliptos" desde Pedrógão e que enquanto isso acontecer Portugal vai continuar a arder. 

    Miguel Sousa Tavares

  • Rapper XXXTentacion morto em aparente tentativa de roubo

    Cultura

    O rapper norte-americano XXXTentacion, de 20 anos, morreu na noite de segunda-feira depois de ter sido baleado, na Florida, no sudeste dos Estados Unidos. Um dos suspeitos terá disparado e atingido o rapper e, de seguida, dois suspeitos fugiram numa viatura escura. A polícia está a considerar tentativa de roubo.