sicnot

Perfil

Mundo

Imagine-se a correr 230 metros bem íngremes com vários quilos de lã às costas

Imagine-se a correr 230 metros bem íngremes com vários quilos de lã às costas

Correr com um grande saco de lã às costas pode não parecer a melhorar maneira para passar um feriado. Contudo, todos os anos vários concorrentes juntam-se no "Bank Holiday" (feriado público no Reino Unido) e percorrem 230 metros entre dois "pubs" locais, numa inclinação íngreme, com vários quilos de lã às costas

A corrida não é apenas para homens, que levam mais de 26 quilogramas, mas também para as mulheres que carregam sacos mais leves, com cerca de 11 quilogramas de lã.

O Campeonato Mundial de Corrida com Sacos de Lã começou há 43 anos, numa tradição que remonta à Idade Média, quando Tetbury era uma das cidades mais prósperas no comércio de lã.

Na altura, a colina da cidade era a rota principal dos muitos comerciantes que queria chegar ao mercado para vender a lã.

A história conta que os comerciantes mais jovens queriam mostrar a sua força às jovens raparigas, daí competiam entre si até ao mercado com o saco de lã às costas.

A tradição continua e, este ano, centenas de espectadores apareceram para ver a corrida.

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.