sicnot

Perfil

Mundo

Quatro genes dão a forma ao nariz

Foram identificados os quatro genes que determinam o tamanho e a forma do nariz. Um quinto gene é responsável pela protuberância do queixo.

© Eric Gaillard / Reuters

Grego, aquilino, adunco, de falcão, pequeno, arrebitado, achatado... a forma do nariz não é apenas um capricho da natureza, tem quatro genes responsáveis pela sua "construção".

O estudo, publicado na revista Nature Communications, analisou 6 mil pessoas com as mais variadas ascendências na América Latina para estudar as diferenças faciais e identificar quais os genes que determinam o tamanho do nariz e do queixo.

Os cientistas da University College de Londres identificaram cinco genes: DCHS2, RUNX2, GLI3 e PAX1 afetam o tamanho e a forma do nariz; o gene EDAR - determina a protuberância do queixo.

As diferentes características dos narizes são fruto da evolução, dependendo do meio ambiente. Assim, o nariz relativamente direito dos europeus resulta da adaptação a um clima frio e seco.

A descoberta dos genes permitirá assim explorar de que forma o meio ambiente influenciou a evolução do ser humano. Além disso, ajudará a entender melhor e tratar problemas de desenvolvimento, bem como aperfeiçoar a reconstrução facial.

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.