sicnot

Perfil

Mundo

Cientistas alemães tentam criar vacina contra o cancro

Um grupo cientistas alemães está a tentar criar uma vacina universal contra o cancro graças a uma técnica que ensina o sistema imunitário a atacar os tumores, segundo um estudo hoje publicado na revista Nature.

© Karoly Arvai / Reuters

Os investigadores da Universidade de Maguncia utilizaram nanopartículas com ARN de um tumor para simular a intrusão de um agente patogénico para a corrente sanguínea e desencadear uma resposta autoimune.

A revista sublinha que os investigadores alemães conseguiram induzir respostas antitumor em ratinhos e, numa primeira fase experimental em seres humanos, em três pacientes com melanoma avançado.

A investigação, "provavelmente, representa um passo no sentido de uma vacina universal contra o cancro", escreve a revista.

Os cientistas já descobriram que é difícil encontrar mecanismos de vacinação eficazes porque as células cancerígenas são semelhantes em muitos aspetos ao normal, de modo que o sistema imunológico evita atacar.

O método só produz uma resposta defensiva eficiente quando as células cancerígenas produzem antígenos - substâncias que fomentam a criação de anticorpos - distintos do que produzem as células saudáveis.

Outro dos fatores que limita a resposta imune ao cancro é que o crescimento dos tumores não é acompanhado de sinais inflamatórios importantes, como as que ocorrem durante a infeção microbiana, que dispara a resposta autoimune.

Por aquele motivo, o sistema imunitário em ocasiões tolera, ou promove, a formação de um tumor.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    1:41
  • Negociações serão difíceis e manter a unidade também
    0:32
  • Corrida à Agência Europeia Medicamento "não é fácil", admite Costa
    0:50

    Brexit

    António Costa confirmou a apresentação da candidatura para a transferência da agência europeia do medicamento de Londres para Portugal. À margem da cimeira extraordinário sobre o Brexit, o primeiro-ministro salientou a importância da instalação do instituto no país para reforçar a competitividade no setor