sicnot

Perfil

Mundo

Descobertas 40 crias de tigres mortas num templo na Tailândia

As autoridades tailandesas descobriram hoje 40 crias de tigre mortas no interior de um templo conhecido por utilizar este tipo de felino como atração turística e denunciado há dois anos por ativistas como um centro de tráfico de animais.

Templo Pha Luang Ta Bua Yanasampann mais conhecido como o Tempo do Tigre na província de Kanchanaburi.

Templo Pha Luang Ta Bua Yanasampann mais conhecido como o Tempo do Tigre na província de Kanchanaburi.

© Chaiwat Subprasom / Reuters

As crias, que segundo imagens publicadas pelo portal Khao Sod morreram recentemente, foram descobertas por equipas do Departamento de Conservação dos Parques Naturais esta madrugada, juntamente com cadáveres de outras espécies protegidas.

Na segunda-feira, as autoridades iniciaram o resgate de 147 tigres alojados no recinto do templo Pha Luang Ta Bua Yanasampann, também conhecido como o Templo do Tigre, situado na província de Kanchanaburi, no oeste da Tailândia.

Até hoje, as autoridades resgataram 40 felinos (sete na segunda-feira e 33 na terça-feira), segundo o jornal.

O templo, aberto em 2001 com sete tigres, era uma atração para os turistas, que se passeavam e tiravam fotos com os animais, o que também era criticado por organizações defensoras dos animais.

Os tigres resgatados, alguns deles autóctones da Tailândia, serão levados para diferentes centros especializados no país.

Lusa

  • Despenalização da eutanásia votada na terça-feira no Parlamento
    2:04
  • Há companhias aéreas a contratar. TAP é uma delas
    1:28

    Economia

    Com o crescimento do turismo, que continua a bater recordes, as companhias aéreas querem profissionais para reforçar as rotas com maior procura e oferecer novos destinos. Só a TAP prevê contratar mais 700 pessoas este ano para várias funções, incluindo 300 tripulantes de cabina e 170 pilotos.

  • Trump remarca encontro com Kim Jong-un no Twitter
    2:33

    Mundo

    A Coreia do Sul e a Coreia do Norte reuniram-se pela segunda vez em menos de um mês. Os Presidentes dos dois países dizem que estão a cooperar para que a cimeira entre Washington e Pyongyang, em Singapura, seja um sucesso. Donald Trump regressou ao Twitter para remarcar a cimeira a 12 de junho.