sicnot

Perfil

Mundo

Descobertas 40 crias de tigres mortas num templo na Tailândia

As autoridades tailandesas descobriram hoje 40 crias de tigre mortas no interior de um templo conhecido por utilizar este tipo de felino como atração turística e denunciado há dois anos por ativistas como um centro de tráfico de animais.

Templo Pha Luang Ta Bua Yanasampann mais conhecido como o Tempo do Tigre na província de Kanchanaburi.

Templo Pha Luang Ta Bua Yanasampann mais conhecido como o Tempo do Tigre na província de Kanchanaburi.

© Chaiwat Subprasom / Reuters

As crias, que segundo imagens publicadas pelo portal Khao Sod morreram recentemente, foram descobertas por equipas do Departamento de Conservação dos Parques Naturais esta madrugada, juntamente com cadáveres de outras espécies protegidas.

Na segunda-feira, as autoridades iniciaram o resgate de 147 tigres alojados no recinto do templo Pha Luang Ta Bua Yanasampann, também conhecido como o Templo do Tigre, situado na província de Kanchanaburi, no oeste da Tailândia.

Até hoje, as autoridades resgataram 40 felinos (sete na segunda-feira e 33 na terça-feira), segundo o jornal.

O templo, aberto em 2001 com sete tigres, era uma atração para os turistas, que se passeavam e tiravam fotos com os animais, o que também era criticado por organizações defensoras dos animais.

Os tigres resgatados, alguns deles autóctones da Tailândia, serão levados para diferentes centros especializados no país.

Lusa

  • Turista bielorrussa morre atropelada por embarcação no Carvoeiro
    0:39

    País

    Uma mulher de 53 anos morreu esta terça-feira vítima de atropelamento por uma embarcação quando nadava numa praia selvagem, na zona de Carvoeiro. A vítima ainda foi assistida pelo INEM e resgatada pela embarcação salva-vidas de Ferragudo, mas acabou por não resistir aos ferimentos causados pela colisão.