sicnot

Perfil

Mundo

Ioga e meditação, dupla de sucesso para o cérebro

Uma rotina de ioga e meditação melhora as capacidades do cérebro e ajuda a travar a degeneração própria do envelhecimento, revela um estudo feito com adultos mais idosos que já mostravam sinais de perda de memória.

© Lucy Pemoni / Reuters

É possível atrasar e mitigar os efeitos do envelhecimento com exercícios de ioga, afirmam os cientistas. Melhor ainda se combinarmos atividade física com meditação.

Na investigação conduzida pela Unversidade da Califórnia, foram recrutados 29 adultos de meia-idade ou mais da área de Los Angeles. Todos diziam estar preocupados com a perda de memória e todos tinham já sinais de que podem vir a desenvolver algum tipo de demência.

Divididos em dois grupos, o primeiro realizou um programa com uma hora de exercícios mentais. O segundo praticou ioga e meditação.

Ao final de 12 semanas, todos os 29 voluntários mostravam significantes melhorias ao nível do raciocínio. Mas aqueles que praticaram ioga tiveram resultados muito melhores.

"Ficámos supreendidos com a dimensão" das melhorias, confessou a supervisora do estudo, a professora de psiquiatrida da UCLA Helen Lavretsky.

  • Ioga do riso como terapia para doentes oncológicos
    2:05

    Mundo

    Num hospital das Filipinas, os doentes oncológicos serviram de cobaias a um novo tratamento: passaram uma tarde a fazer ioga do riso. Os especialistas acreditam que rir é benéfico para os doentes com cancro, pois melhora a qualidade de vida, alivia o stress e fortalece o sistema imunitário.

  • O fim do julgamento do caso BPN, seis anos depois
    2:26

    País

    O antigo presidente do BPN José Oliveira Costa tentou adiar o fim do julgamento principal do caso com um recurso para o Tribunal Constitucional. Apesar disso, a leitura do acórdão continua marcada para esta quarta-feira, quase seis anos e meio depois de os 15 arguidos se terem sentado pela primeira vez no banco dos réus.

  • José Oliveira Costa, o rosto do buraco financeiro do BPN
    3:04

    País

    José Oliveira Costa foi o homem forte do BPN durante 10 anos e tornou-se o rosto do gigantesco buraco financeiro. Manteve-se em silêncio durante todo o julgamento, mas falou aos deputados da comissão de inquérito, para negar qualquer envolvimento no escândalo que fez ruir o BPN.

  • Saída do Procedimento por Défice Excessivo marca debate no Parlamento
    1:40
  • Filhos tentam anular casamento de pai de 101 anos

    País

    O casamento de um homem de 101 anos com uma mulher com metade da idade, em Bragança, está a ser contestado judicialmente pelos filhos do idoso, que acusam aquela que era empregada da família de querer ser herdeira.