sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 20 mil crianças presas em Fallujah e em risco de serem recrutadas pelos jihadistas

Pelo menos 20.000 crianças estão presas em Falluja e correm o risco de serem recrutadas pelos 'jihadistas' que controlam esta cidade do Iraque cercada pelas forças armadas, alertou hoje o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

reuters

Depois de terem estado meses a apertar o cerco ao redor de Fallouja, as forças iraquianas lançaram a 23 de maio uma ofensiva para recuperar a cidade, situada a 50 quilómetros a oeste de Bagdad, ao grupo terrorista Estado Islâmico (EI). Segunda-feira entraram na cidade onde enfrentaram uma forte resistência dos 'jihadistas'.

Os poucos habitantes que fugiram do centro da cidade desde o assalto falaram de falta de água potável e de comida. E as centenas de famílias que conseguiram sair de zonas periféricas de Fallouja e as pessoas ainda no local, contactadas por telefone, também se queixaram das más condições de vida.

"As crianças correm o risco de serem recrutadas forçosamente para o combate (...) e de se separarem da sua família", alertou o representante do Iraque na Unicef, Peter Hawkins, num comunicado. "As crianças recrutadas são forçadas a segurar armas para combater numa guerra de adultos. A sua vida e o seu futuro estão em perigo", continuou.

A UNICEF voltou a apelar à abertura das passagens seguras para permitir aos civis cercados - estimados em cerca de 50.000 - saírem da cidade situada na grande província de Al-Anbar.

As Nações Unidas acusaram o grupo EI de utilizar os civis como escudos humanos na batalha contra as tropas iraquianas apoiadas pela aliança internacional dirigida pelos Estados Unidos

  • "Putin é uma ameaça maior do que o Daesh"
    0:24

    Mundo

    O senador norte-americano John Mccain atacou Vladimir Putin dizendo que é uma ameaça maior do que o Daesh. O antigo candidato à Casa Branca acusa a Rússia de querer destruir a democracia ao tentar manipular o resultado das presidenciais dos Estados Unidos.

  • "Não podemos fazer de Lisboa uma cidade para turistas"
    2:44

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no Jornal da Noite da SIC, o mandato de Fernando Medina na Câmara de Lisboa. O comentador da SIC defendeu que o autarca tem "muitos problemas por resolver" e que a Câmara tem investido "mais na recuperação de zonas em que os lisboetas praticamente não conseguem ir". Sousa Tavares disse ainda que Lisboa não pode ser uma cidade para turistas.

    Miguel Sousa Tavares

  • "É muito importante ceder à tentação de se abolir a liberdade"
    1:06
  • Menos casos de sida em Portugal
    1:44