sicnot

Perfil

Mundo

Primeira caravana de ajuda entra em Daraya na Síria

Uma caravana com ajuda humanitária entrou hoje na cidade síria de Daraya, controlada pelos rebeldes, disse a Cruz Vermelha, a primeira entrega desde o cerco que o regime de Damasco montou em 2012.

© Omar Sanadiki / Reuters

As Nações Unidas avisaram, no mês passado, que se não houvesse evolução no acesso à ajuda a zonas cercadas até 1 de junho, iria encarregar o Programa Alimentar Mundial de começar a dar assistência aérea na Síria.

O Comité Internacional da Cruz Vermelha disse que tanto os funcionários das Nações Unidas como do Crescente Vermelho Árabe Sírio estiveram envolvidos na entrega de hoje.

Segundo o conselho local da cidade cercada pelos rebeldes, a caravana incluía apenas "abastecimentos médicos" e não tinha qualquer ajuda alimentar para as populações famintas.

Daraya foi uma das primeiras cidades da Síria a manifestar-se contra o governo em 2012 e um dos primeiros sítios a ficarem sob um rigoroso regime de cerco no final de 2012.

Cerca de 8.000 pessoas vivem na cidade, que fica apenas a 15 minutos de carro a sudoeste de Damasco.

Apesar da intensificação dos apelos dos seus residentes, das Nações Unidas e dos grupos de direitos humanos, o governo sírio tem até agora recusado permitir ajuda à cidade.

A 12 de maio foi negada a permissão para entrar a cinco camiões de ajuda humanitária à espera nos arredores de Daraya, numa dramática rejeição de 11 horas.

"Da última vez, as pessoas encheram as ruas à espera que a ajuda entrasse", disse à AFP a ativista Shadi Matar, de dentro de Daraya.

"Desta vez, não havia ninguém. Tinham medo que o regime os bombardeasse e eles sabem que a ajuda humanitária apenas tem abastecimentos médicos", disse.

No início do dia de hoje, a Rússia anunciou que haveria uma trégua local por 48 horas em Daraya para assegurar que a ajuda seria entregue com segurança.

As paragens de combate temporárias foram introduzidas em Daraya e noutro lugar, de forma a reforçar um cessar-fogo mais amplo mediado pela Rússia e pelos EUA para faixas do território sírio.

Lusa

  • Costa preparado para falar da renegociação da dívida no plano europeu
    2:24

    Economia

    O primeiro-ministro não quer quebrar com as regras impostas pela UE e não vai dar o primeiro passo na renegociação da dívida, mas estará na linha da frente quando Bruxelas ceder. Em entrevista à RTP, António Costa garante que o Governo cumpriu tudo aquilo que acordou com o presidente demissionário da Caixa Geral de Depósitos, António Domingues.

  • Benfica persegue oitavos da Liga dos Campeões

    Desporto

    O Benfica tenta hoje a qualificar-se para os oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, procurando uma vitória na receção ao Nápoles que lhe permita vencer o Grupo H e manter-se a salvo do perseguidor Besiktas.

  • Parkinson pode ter início nos intestinos

    Mundo

    Um novo estudo científico vem revelar que a doença de Parkinson pode não estar apenas no cérebro. A doença pode ter início nos intestinos e mais tarde migrar para o cérebro.

  • Nova Deli é "altamente tóxica" para os cidadãos

    Mundo

    Nova Deli foi considerada altamente tóxica para os cidadãos. A capital da Índia é considerada há mais de três anos a cidade mais poluída do mundo, mas só este ano se concluiu que é tão tóxica que é capaz de provocar doenças crónicas a quem lá vive.

  • Condutores continuam com dúvidas em como circular numa rotunda
    2:06

    País

    Circular nas rotundas continua a ser um problema para muitos condutores. Cerca de 3 mil foram multados nos últimos três anos depois da entrada em vigor do novo código, os números são avançados pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária. Os instrutores de condução dizem que a medida provoca mais confusão nas horas de ponta.