sicnot

Perfil

Mundo

Cunhada da apresentadora Ana Hickmann que foi baleada agradece apoio no Instagram

A apresentadora brasileira Ana Hickmann foi vítima de uma tentativa de homicídio por parte de um fanático. O homem invadiu o quarto de hotel onde estava alojada ex-modelo, disparou sobre a cunhada de Hickmann e acabou por ser morto pelo cunhado da apresentadora, que reagiu disparou sobre o agressor. Giovana teve hoje alta hospitalar.

Giovana Alves de Oliveira deixou esta quinta-feira o Hospital Síria Libanês, onde estava internada desde o dia 25 de maio, depois de ter sido transferida da Região Metropolitana de Belo Horizonte.

No Instagram, a cunhada da apresentadora agradece a todos que a apoiaram, em especial ao cabeleireiro Júlio Figueiredo, que a tirou do hotel e a levou para o hospital depois de ter sido baleada.

De acordo com a assessoria de Ana Hickmann, Giovana já prestou declarações às autoridades brasileiras assim como um irmão do fã e um segurança do hotel.

O fã estaria no mesmo hotel e terá obrigado o cunhado de Hickmann, Gustavo Correa, a ir até ao quarto onde estava a apresentadora e a sua esposa Giovana.

Através do perfil de Giovana, Gustavo Correa também agradeceu a preocupação de todos dizendo que "não há o que fazer a não ser aguardar".

A família do fã, Rodrigo Augusto de Pádua, admitiu saber do fascínio do jovem fã pela modelo.

  • Fanático tenta assassinar apresentadora brasileira
    3:22

    Mundo

    A apresentadora brasileira Ana Hickmann foi vítima de uma tentativa de homicídio por parte de um fanático. O homem invadiu o quarto de hotel da ex-modelo, disparou sobre a cunhada de Hickmann e acabou por ser morto pelo cunhado da apresentadora, que reagiu contra o agressor. A apresentadora deu uma entrevista menos de 24 horas depois do ataque a contar o que se passou. O caso está a chocar o Brasil, também porque a Rede Globo recusou-se a dar a notícia.

  • Atirador canadiano mata combatente do Daesh a 3,5km de distância

    Mundo

    Um atirador das Forças Especiais do Canadá matou um combatente do Daesh com um tiro disparado a 3,5 quilómetros de distância, no passado mês de maio, no Iraque. O Comando de Operações Especiais canadiano garantiu à BBC que a distância do disparo, realizado com sucesso, é já considerada um recorde na história militar.

  • Revelada a verdadeira identidade de Banksy?

    Cultura

    O músico e produtor Goldie pode ter revelado a identidade do artista mais conhecido por Banksy, durante uma entrevista ao podcast do rapper Scroobius Pip. Goldie referiu Robert Del Naja de forma acidental e os fãs acreditam que a identidade do artista britânico foi finalmente desvendada.

  • "Mãe, por favor, para de dizer asneiras. Não quero que leves um tiro"
    0:51

    Mundo

    O Departamento de Investigação da Polícia do Minnesota divulgou esta sexta-feira um vídeo com imagens de um incidente que levou à morte de um afro-americano pela polícia, nos Estados Unidos da América. Em julho de 2016 um polícia atingiu mortalmente Philando Castile, de 32 anos, durante uma operação de controlo rodoviário. O homem procurava os documentos de identificação quando o polícia disparou quatro tiros. Nas imagens é possível ver o desespero da filha da companheira de Philiando Castile, minutos depois de ter visto o padrasto a morrer. O agente responsável pela morte de Castile foi absolvido pelo Tribunal na semana passada.

  • Depois da "provocação", o acidente em cadeia
    0:43

    Mundo

    Um vídeo de um acidente numa autoestrada em Santa Clarita, na Califórnia (EUA), está a tornar-se viral nas redes sociais. Nas imagens é possível ver um motociclista a dar um pontapé num carro que seguia à sua frente. Como forma de "retribuição", o carro vira na direção da mota mas bate no separador e depois numa carrinha que acabou por capotar. Segundo a imprensa norte-americana o condutor da carrinha foi levado para o hospital com ferimentos ligeiros. Já a pessoa que conduzia a mota seguiu o seu caminho.