sicnot

Perfil

Mundo

Cunhada da apresentadora Ana Hickmann que foi baleada agradece apoio no Instagram

A apresentadora brasileira Ana Hickmann foi vítima de uma tentativa de homicídio por parte de um fanático. O homem invadiu o quarto de hotel onde estava alojada ex-modelo, disparou sobre a cunhada de Hickmann e acabou por ser morto pelo cunhado da apresentadora, que reagiu disparou sobre o agressor. Giovana teve hoje alta hospitalar.

Giovana Alves de Oliveira deixou esta quinta-feira o Hospital Síria Libanês, onde estava internada desde o dia 25 de maio, depois de ter sido transferida da Região Metropolitana de Belo Horizonte.

No Instagram, a cunhada da apresentadora agradece a todos que a apoiaram, em especial ao cabeleireiro Júlio Figueiredo, que a tirou do hotel e a levou para o hospital depois de ter sido baleada.

De acordo com a assessoria de Ana Hickmann, Giovana já prestou declarações às autoridades brasileiras assim como um irmão do fã e um segurança do hotel.

O fã estaria no mesmo hotel e terá obrigado o cunhado de Hickmann, Gustavo Correa, a ir até ao quarto onde estava a apresentadora e a sua esposa Giovana.

Através do perfil de Giovana, Gustavo Correa também agradeceu a preocupação de todos dizendo que "não há o que fazer a não ser aguardar".

A família do fã, Rodrigo Augusto de Pádua, admitiu saber do fascínio do jovem fã pela modelo.

  • Fanático tenta assassinar apresentadora brasileira
    3:22

    Mundo

    A apresentadora brasileira Ana Hickmann foi vítima de uma tentativa de homicídio por parte de um fanático. O homem invadiu o quarto de hotel da ex-modelo, disparou sobre a cunhada de Hickmann e acabou por ser morto pelo cunhado da apresentadora, que reagiu contra o agressor. A apresentadora deu uma entrevista menos de 24 horas depois do ataque a contar o que se passou. O caso está a chocar o Brasil, também porque a Rede Globo recusou-se a dar a notícia.

  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • Jovens impedidas de embarcar de leggings

    Mundo

    A moda das calças-elásticas-super-justas volta a fazer estragos. Desta vez nos EUA onde duas adolescentes foram impedidas de embarcar num voo da United Airlines devido à indumentária, que não cumpria com as regras dos tripulantes ou acompanhantes da companhia aérea norte-americana.

    Manuela Vicêncio

  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.

  • A primeira vez do Sr. Árbitro
    12:41