sicnot

Perfil

Mundo

Sonda Rosetta já funciona e está "numa órbita a 30 km" do cometa 67P

A Agência Espacial Europeia (ESA) informou hoje que a sonda Rosetta já está a funcionar com normalidade, depois de se ter perdido o contacto com o aparelho durante cerca de 24 horas no fim de semana.

O encontro entre o cometa e o Sol permitiu enriquecer a abundante colheita de dados da sonda europeia Rosetta, que vai permitir compreender melhor o surgimento da vida na Terra. (Arquivo)

O encontro entre o cometa e o Sol permitiu enriquecer a abundante colheita de dados da sonda europeia Rosetta, que vai permitir compreender melhor o surgimento da vida na Terra. (Arquivo)

© NASA NASA / Reuters

"Perdemos o contacto com a sonda no sábado à noite durante perto de 24 horas", disse hoje Patrick Martin, responsável da missão Rosetta na AEE, interrogado pela agência France Presse.

"A sonda voltou a um modo normal e os seus instrumentos recomeçaram a trabalhar", indicou, adiantando que a sonda está "numa órbita a 30 quilómetros" do cometa "Tchouri".

Lançada em 2004, a sonda europeia está em órbita junto ao cometa Tchourioumov-Guérassimenko desde agosto de 2014.

Segundo análises preliminares, os visores que permitem à sonda orientar-se registaram no sábado problemas devido a poeiras. A sonda já tinha tido problemas nos visores a 14 de fevereiro e a 28 de março de 2015.

O fim da missão da Rosetta, que estuda a origem e a evolução do sistema solar, deverá ocorrer "provavelmente" a 30 de setembro, segundo a AEE.

Lusa

  • Dois jovens atropelados mortalmente no concelho de Montemor-o-Velho
    2:20
  • Presidente de "O Sonho" suspeito de peculato e fraude
    2:26

    País

    O presidente das três instituições de solidariedade social de Setúbal - incluindo "O Sonho" -, que na sexta-feira foram alvo de buscas, foi constituído arguido. Florival Cardoso é, por enquanto, o único suspeito de peculato e fraude na obtenção de subsídios para as instituições.

  • Manifestação contra mina de urânio junta milhares em Salamanca
    1:39
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de armas da PSP, três recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avançou este sábado que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07