sicnot

Perfil

Mundo

Universo pode estar a expandir-se mais rápido do que o esperado

O Universo pode estar a expandir-se mais rápido do que o esperado, informou hoje a agência espacial europeia ESA, citando um estudo de astrónomos que mediram, com maior precisão, as distâncias das estrelas em 19 galáxias.

© Ho New / Reuters

A equipa, liderada pelo astrofísico norte-americano Adam Riess, Prémio Nobel da Física em 2011, socorreu-se, para os seus cálculos, de imagens captadas pelo telescópio espacial Hubble, operado pela ESA e pela congénere norte-americana NASA.

Segundo um comunicado da ESA, os cientistas "descobriram que o Universo está, atualmente, a expandir-se mais rápido do que o ritmo derivado de cálculos feitos do Universo, pouco depois do Big Bang", que marca o início do Universo.

A nota refere que "esta aparente inconsistência pode ser uma importante pista para compreender três compostos do Universo": a matéria escura, a energia escura e os neutrinos (partículas sem carga elétrica e que têm uma fraca interação com a matéria).

O Universo tem cerca de 14 mil milhões de anos, sendo que apenas 5% dele é visível. O restante, não observável diretamente, porque não emite luz, é composto por matéria escura e energia escura.

A equipa de Adam Riess, laureado com o Nobel pela descoberta da expansão acelerada do Universo, defende que o Universo está a expandir-se 5 a 9% mais rápido do que se pensava.

Para tal, os investigadores refinaram os cálculos de como quão rápido o Universo está a expandir-se, com uma precisão sem precedentes, reduzindo a incerteza para 2,4%.

Os novos cálculos representam um quebra-cabeças, uma vez que não batem certo com a taxa de expansão do Universo (a constante de Hubble) obtida a partir dos breves instantes após o Big Bang.

Cálculos anteriores, feitos nomeadamente com base em imagens captadas pelo satélite espacial europeu Planck, davam estimativas mais pequenas para a constante Hubble, definida pelo astrónomo norte-americano Edwin Powell Hubble (1889-1953).

Uma provável explicação para a expansão rápida do Universo é a existência de um novo tipo de partícula subatómica, que, de acordo com os cientistas, pode ter alterado o equilíbrio da energia nos primórdios do Universo, a chamada radiação escura (que possivelmente medeia a interação de partículas da matéria escura).

A equipa de Adam Riess, da Universidade Johns Hopkins e do Space Telescope Science Institute, nos Estados Unidos, conseguiu aprimorar a taxa da expansão do Universo mediante cálculos mais precisos das distâncias às galáxias mais próximas e longínquas da Terra.

Os astrónomos continuam a usar o telescópio Hubble com o propósito de reduzir ainda mais a incerteza na constante de Hubble, até um por cento.

Investigadores creem que outros telescópios em funções, como o Gaia, e futuros, como o James Webb, sucessor do Hubble, e o E-ELT, que será o maior telescópio ótico do mundo, os poderão ajudar na tarefa de melhorar os cálculos da taxa da expansão do Universo.

Lusa

  • DJ Avicii morre aos 28 anos

    Cultura

    Tim Bergling, conhecido por Avicii e um dos mais famosos DJ's do mundo, morreu aos 28 anos. A notícia foi avançada pelo site TMZ, que adianta que o DJ e produtor sueco foi encontrado morto esta sexta-feira em Muscat, em Omã, e os detalhes da morte ainda não são conhecidos.

    SIC

  • "Não andámos a tomar calmantes, nem a dar abracinhos"
    0:52

    Desporto

    Rui Vitória recusa atirar a toalha ao chão. O treinador do Benfica acredita que ainda muito pode acontecer e revela a motivação da equipa depois da derrota com o FC Porto na Luz, que levou à perda da liderança a quatro jornadas do fim.

  • Porque erram os árbitros?
    2:03

    Desporto

    Num momento em que a polémica em redor da arbitragem está acesa e que nem o videoárbitro parece ter contribuído para a pacificar o futebol, em Leiria juntaram-se treinadores e homens do apito para se entender porque erram os árbitros.

  • "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos"

    Mundo

    "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos", esta foi apenas uma das declarações de Karl Lagerfeld sobre as denúncias de abuso sexual, que estão a marcar o mundo do cinema, da música e da moda. Numa entrevista, o diretor criativo da Chanel e da Fendi declarou mesmo que estava farto do #MeToo, o movimento usado para denunciar estes casos de abusos por todo o mundo.

    SIC

  • Viagem de balão para ver as cerejeiras em flor
    14:27
  • Niassa foi o 4.º lince-ibérico libertado a ser atropelado em Portugal
    1:33

    País

    Uma fêmea de lince-ibérico foi encontrada morta com sinais de atropelamento na A22, próximo de Olhão. A fêmea, criada em cativeiro, tinha sido libertada no Vale do Guadiana em fevereiro de 2017. É o quarto lince-ibérico, que tinha sido libertado na natureza, que morre atropelado em Portugal.

  • "Há uma aceitação do lince no território"
    3:33

    País

    Apesar de já se terem registado em Portugal quatro atropelamentos de linces libertados na natureza, em entrevista à SIC, Pedro Rocha, do Departamento do Alentejo do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), disse que o programa de reintrodução "tem corrido bastante bem", não só devido às condições do habitat e disponibilidade de alimento, mas também porque "há uma aceitação do lince no território". Desde 2015, foram libertados no Vale do Guadiana 33 linces e 16 já nasceram em estado selvagem.

  • EUA acusam Síria de tentar apagar provas de alegado ataque químico em Douma
    1:28
  • Já pode escolher uma morte amiga do ambiente

    Mundo

    Preocupa-se com o ambiente? Recicla? Prefere andar a pé ou partilhar transportes? Então saiba que a partir de agora a morte também pode ser amiga do ambiente. Desde caixões degradáveis de vime a cremação líquida, já é possível diminuir o impacto ambiental da morte.

    SIC

  • O "anjo" que quer ensinar raparigas a programar
    2:59