sicnot

Perfil

Mundo

Favorita Fujimori perde vantagem a dois dias das eleições no Peru

A candidata presidencial peruana Keiko Fujimori, filha do ex-presidente preso por crimes contra a humanidade, perdeu terreno para o adversário de centro-direita na reta final para as renhidas eleições do próximo domingo, mostraram as sondagens hoje divulgadas.

© Mariana Bazo / Reuters

Fujimori continua a ser a favorita na corrida à Presidência, contra o antigo banqueiro de Wall Street Pedro Pablo Kuczynski, mas, segundo três novas sondagens, a sua margem de avanço superior a cinco pontos percentuais sofreu uma redução.

Uma sondagem realizada nos dias 01 e 02 de junho pela empresa GfK atribuiu a Fujimori, de 41 anos, 50,3 % dos votos, contra 49,7% para Kuczynski, de 77 anos. O intervalo entre ambos situou-se dentro da margem de erro da sondagem, 2,3%.

"É claramente um empate técnico", disse o diretor da GfK, Hernan Chaparro, em conferência de imprensa.

Outra empresa de sondagens, a Datum, indicou que a sua sondagem, realizada a 31 de maio e 01 de junho, dava a Fujimori 52,1% dos votos e 47,9% para Kuczynski, que é conhecido como "PPK".

"PPK é ganhar apoio de votantes indecisos", explicou o diretor da Datum, Urpi Torrado.

A terceira sondagem, efetuada pela consultora CPI, atribuiu 51,6% dos votos a Fujimori e 48,4% a Kuczynski.

Uma sondagem anterior, conduzida a uma semana do escrutínio, dava a Fujimori um avanço de 5,3 pontos percentuais.

Desde então, ela enfrentou um debate televisivo difícil com Kuczynski e uma manifestação maciça contra ela em Lima, a 31 de maio.

A 30 de maio, a candidata que ocupa o terceiro lugar na primeira volta das eleições, a esquerdista Veronika Mendoza, anunciou o seu apoio a Kuczynski.

O diretor da CPI, Manuel Saavedra, estimou que há cerca de 5% de eleitores ainda indecisos, o que é o suficiente para virar o resultado contra a conservadora populista Fujimori, que é popular nas comunidades rurais pobres mas tem também uma elevada taxa de desaprovação.

Muitos peruanos associam-na ao autoritarismo do pai, Alberto Fujimori, que se encontra a cumprir pena de prisão por corrupção e massacre de opositores por ele acusados de terrorismo.

Cerca de 23 milhões de peruanos vão às urnas no domingo para escolher quem sucederá ao Presidente de esquerda Ollanta Humala.

Ambos os candidatos prometeram combater o crime e criar emprego no setor de exportação mineira, que faz do país uma das economias mais fortes da região.

Lusa

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.