sicnot

Perfil

Mundo

Amostra de sangue pode ajudar a detetar cancro

As amostras de sangue podem ser tão eficientes em termos de exames do cancro como as biópsias invasivas aos tecidos, e ajudar os médicos a prescrever o tratamento adequado para combater os tumores, revela um estudo divulgado no sábado.

© Adnan Abidi / Reuters

Apesar de as biópsias a tumores serem geralmente usadas para investigar as alterações no DNA causadas pelo cancro, as amostras de sangue podem fazer o mesmo, segundo o estudo apresentado na reunião anual da Sociedade Americana de Oncologia Clínica.

Novos avanços científicos permitiram aos investigadores estudar o cancro através da corrente sanguínea, através da qual as células cancerígenas lançam pequenos pedaços detetáveis do seu DNA.

Ao avaliarem este DNA, os médicos podem "monitorizar as alterações no cancro, à medida que o tumor vai evoluindo ao longo do tempo, o que pode ser crítico quando médicos e pacientes discutem as opções de tratamento para o controle contínuo do mesmo", de acordo com o estudo.

E as amostras de sangue permitem aos médicos fazê-lo sem recorrer a uma biópsia do tumor, disseram os investigadores no estudo, um dos maiores já realizados sobre a genómica do cancro.

Lusa

  • Mais de 1600 fiscalizações a IPSS em dois anos
    1:05

    Expresso da Meia Noite

    Nos últimos dois anos, o Estado fez mais de 1600 ações de fiscalização a Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), das quais resultaram mais de 70 destituições e 80 participações ao Ministério Público. Os números foram avançados pela secretária de Estado da Segurança Social, Cláudia Joaquim, no programa Expresso da Meia-noite, na SIC Notícias.