sicnot

Perfil

Mundo

Mergulhadora de 60 anos morre após ataque de tubarão na Austrália

O ataque de um tubarão provocou a morte a uma mergulhadora na costa ocidental da Austrália. Trata-se de uma mulher de 60 anos que se encontrava em mergulho com um colega num popular recife perto da cidade de Perth. Um grupo de homens que se encontrava por perto, num barco, apercebeu-se do ataque e prestou uma primeira asistência.

Este é o segundo ataque mortal em menos de uma semana, na mesma zona. Na passada terça-feira, um surfista ficou sem uma perna na sequência do incidente. Acabou por morrer dias depois, devido à gravidade dos ferimentos.

  • Jovem fica sem perna após ataque de tubarão na Austrália
    0:33

    Mundo

    Um surfista australiano ficou gravemente ferido depois de ser atacado por um tubarão branco numa praia da zona ocidental do país. O jovem de 29 anos ficou sem a perna e mantém-se internado no hospital de Perth, em estado crítico. O animal terá mais de 3 metros de comprimento. As autoridades martítimas capturaram um animal de porte semelhante mas não esclarecem se terá sido o responsável pelos ferimentos do surfista. Só no ano passado, 98 pessoas foram atacadas por tubarões na Austrália. Um jornalista de um jornal local testemunhou os instantes seguintes ao ataque e descreve o que viu.

  • "Até para o ano", a mensagem de Ronaldo para os adeptos do Real Madrid
  • Despenalização da eutanásia votada na terça-feira no Parlamento
    2:04
  • Há companhias aéreas a contratar. TAP é uma delas
    1:28

    Economia

    Com o crescimento do turismo, que continua a bater recordes, as companhias aéreas querem profissionais para reforçar as rotas com maior procura e oferecer novos destinos. Só a TAP prevê contratar mais 700 pessoas este ano para várias funções, incluindo 300 tripulantes de cabine e 170 pilotos.

  • O bombeiro herói que recebe 267 euros de pensão
    2:36
  • Funcionários dos EUA na Coreia do Norte para preparar cimeira
    2:19