sicnot

Perfil

Mundo

Cientistas investigam criação de órgãos humanos em porcos

Cientistas dos Estados Unidos investigam a criação de órgãos humanos em porcos, juntando células estaminais de pessoas e o ADN destes animais, com o objetivo de responder à falta de doadores no mundo, informou hoje a BBC.

© China Daily China Daily Infor

Uma equipa da Universidade da Califórnia da cidade de Davis (EUA) injetou células estaminais humanas em embriões de porcos para desenvolver embriões humano-bovinos, aos quais chamaram "quimeras".

Os especialistas permitem que estas "quimeras" se desenvolvam dentro da porca e, 28 dias antes de terminar o período de gestação, o tecido é retirado para análise.

Os investigadores acreditam que se se permitisse terminar a gestação, os leitões, que teriam um órgão humano, iam comportar-se como qualquer outro porco e estariam preparados para desenvolver órgãos para transplantes.

Para o desenvolvimento de embriões "quimera", os cientistas recorreram a um método de alteração do genoma - conhecido como CRISPR - para tirar o ADN de um embrião bovino que foi fertilizado, o que cria um vazio genético e permite então injetar em células estaminais humanas, disse a BBC.

A equipa, liderada por Pablo Ross, acredita que as células estaminais humanas aproveitam o vazio genético no embrião bovino para que o feto possa desenvolver um pâncreas humano.

Ross, licenciado em medicina veterinária na Universidade de La Plata (Argentina), acredita que esse embrião possa desenvolver-se normalmente, mas o pâncreas vai ser feito "quase exclusivamente de células humanas", o que seria "compatível" para transplante num paciente.

A BBC diz que o estudo é controverso porque as células mãe humanas podem migrar para o cérebro que se está a desenvolver e que, se nascesse, o animal poderia ter, de alguma forma, um comportamento mais humano.

Contudo, Ross disse que é muito improvável e "acreditamos que é uma possibilidade muito baixa de que cresça um cérebro humano, mas isso é algo que estamos a investigar".

O professor Walter Low, do departamento de neurocirurgia da Universidade de Minnesota (EUA), disse à BBC que os porcos são os "incubadores biológicos" ideais para o crescimento de órgãos humanos e podiam ser utilizados para criar não só pâncreas, mas também corações, fígados, rins, pulmões e córneas.

Os pormenores da investigação vão ser conhecidos no programa "Panorama" que vai ser emitido esta noite pela BBC.

Lusa

  • A easyJet não está a oferecer bilhetes no Facebook. Cuidado, é uma burla

    País

    Se esteve no Facebook nos últimos dias, provavelmente reparou na oferta de dois bilhetes para uma viagem da easyJet, a propósito do 22.º aniversário da companhia aérea britânica. Uma viagem para dois tinha tudo para correr bem, não fosse um esquema de burla, criado para obter os dados pessoais dos utilizadores que partilham a publicação na rede social.

  • Garrafa lançada ao mar em Rhodes recebe resposta de Gaza
    1:43

    Mundo

    A história parece de filme, mas aconteceu numa praia de Gaza. Um casal britânico lançou uma garrafa com uma mensagem ao mar, em julho, na ilha grega de Rhodes. A garrafa foi encontrada por um pescador numa praia de Gaza, que aproveitou para enviar a resposta, na qual falou sobre as restrições impostas por Israel.

  • Big Ben em silêncio durante quatro anos
    2:15

    Mundo

    Esta segunda-feira ficou marcada pelas últimas badaladas dos famosos sinos do Big Ben, em Londres, no Reino Unido. A torre, na qual está instalada o relógio mais famoso do mundo, vai entrar em obras e os sinos só vão voltar a tocar em 2021.