sicnot

Perfil

Mundo

Condenados na Índia cinco homens por violação de turista dinamarquesa em 2014

O tribunal de Nova Deli, na Índia, condenou hoje cinco homens pela violação coletiva de uma turista dinamarquesa em 2014.

reuters

Os cinco homens foram considerados culpados de violação e roubo de uma mulher de 52 anos, que foi coagida com uma arma branca, depois de se ter perdido no regresso ao seu hotel no centro de Nova Deli.

A sentença vai ser conhecida na quinta-feira, 09 de junho.

Três acusados no âmbito do mesmo caso estão a ser julgados em separado, através do sistema de justiça juvenil.

Outro homem, o nono acusado no caso, um adulto, morreu antes de o julgamento terminar.

A mulher dinamarquesa viajava sozinha e abordou um grupo de homens para pedir direções para regressar ao local onde estava alojada.

O ataque, em janeiro de 2014, foi o mais recente de uma série de ataques sexuais que envolveram estrangeiros na Índia.

O Governo indiano endureceu as penas de prisão pelo crime de violação e reformulou os procedimentos da polícia, na sequência de uma violação coletiva de uma estudante de medicina num autocarro em movimento em Nova Deli, em 2012, que resultou dias depois na morte da vítima.

Deputados indianos aprovaram em 2015 uma lei que permite punições mais severas para jovens dos 16 aos 18 anos, após protestos contra a libertação de um jovem condenado por participação numa violação em grupo em 2012.

O jovem condenado no caso da violação mortal da estudante de medicina Jyoti Singh em dezembro de 2012 cumpriu três anos de prisão.

As alterações à lei, pedidas nos protestos, permitem que os menores entre os 16 e os 18 possam ser condenados a pelo menos sete anos de prisão em centros para infratores juvenis, caso sejam condenados por "crimes hediondos", incluindo violação e homicídio.

  • Incêndio na Sertã "está para durar"
    3:32

    País

    Mais de 700 operacionais combatem o incêndio com três frentes ativas, na Sertã. A jornalista da SIC, Patrícia Figueiredo, esteve junto a Relva da Louça, em Proença-a-Nova, onde avançou que a "situação está complicada" e que as chamas estão quase a alcançar a localidade. A jornalista dá conta ainda de várias equipas da Proteção Civil a ajudar os bombeiros e do seu trabalho dificultado por causa do vento.

  • Genro de Donald Trump depõe hoje no Senado

    Mundo

    Jared Kushner, genro do Presidente dos EUA Donald Trump, vai hoje depor à porta fechada perante o comité dos serviços de inteligência do Senado, a câmara alta do Congresso norte-americano.

  • " A melhoria das contas públicas não foi feita à custa dos portugueses"
    1:30

    País

    Numa espécie de balaço deste ano e meio de governação, o primeiro-ministro voltou a assinalar voltou a assinalar a redução do défice e as melhorias nas contas públicas. Num jantar com militantes em Coimbra, António Costa garantiu ainda que a "verdadeira reforça do Estado avança até ao final desta legislatura, que é a Descentralização.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15