sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 16 mortos em bombardeamento na província síria de Deir ez-Zor

Pelo menos 16 civis morreram hoje na província síria de Deir ez-Zor, no leste do país, depois de um bombardeamento aéreo sobre o mercado, qualificado como massacre pelo Observatório Sírio de Direitos Humanos.

© Ammar Abdullah / Reuters

As vítimas incluíam mulheres e crianças.

Sem informações sobre a origem dos aviões, a organização não governamental indicou que o ataque ocorreu sobre o mercado de Al Shaara, principal zona de abastecimento da população dessa e outras províncias.

As localidades de Al Quriya, Baqrus, Al Zabari e Badía Masud da mesma província também foram bombardeadas. Deir ez-Zor é controlada maioritariamente pelos combatentes do Daesh.

Os bombardeamentos aéreos acontecem depois de um conflito registado entre homens armados do Daesh e forças leais ao governo de Damasco perto do aeroporto militar Deir ez-Zor, dirigido pelo exército.

Segundo o Observatório, ambas as partes combatentes tiveram baixas, sem adiantar outros pormenores.

Com Lusa

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.