sicnot

Perfil

Mundo

Coreia do Sul apresenta queixa contra Nissan por falsificação de emissões poluentes

As autoridades sul-coreanas anunciaram hoje que vão apresentar queixa contra o fabricante automóvel japonês Nissan, acusado de ter manipulado as emissões poluentes dos motores a diesel de um dos seus modelos, o Nissan Qashqai.

© Kim Hong-Ji / Reuters

"Vamos apresentar hoje uma queixa-crime" contra o chefe da Nissan na Coreia do Sul, Takehiko Kikuchi, disse à imprensa um responsável do Ministério do Ambiente, Hong Dong-Kon, que aguarda a abertura de uma investigação.

O Governo proibiu a venda na Coreia do Sul do referido modelo.

Em meados de maio, já tinha exigido a retirada de centenas de exemplares e anunciou uma multa de 330 milhões de wons (250 mil euros), com base em testes que revelam que o Qashqai desativa o seu mecanismo de redução de emissões a partir de uma temperatura de 35 graus.

A decisão segue-se a investigações levadas a cabo a 20 modelos de viaturas a diesel em dezembro na Coreia do Sul, na sequência do escândalo de emissões da Volkswagen.

A Nissan, parceira do fabricante francês Renault, negou qualquer manipulação de dados.

Lusa

  • Família perde tudo na aldeia de Queirã
    2:32
  • Temperaturas sobem no fim de semana, risco de incêndio aumenta
    1:08

    País

    A chuva que caiu nos últimos dias não deverá ter impactos relevantes na dominuição da seca e, por isso, o risco de incêndios vai voltar a aumentar com nova subida das temperaturas. Os termómetros podem chegar aos 30 graus entre domingo e quarta-feira.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão