sicnot

Perfil

Mundo

Oito pescadores angolanos estiveram à deriva durante quase 20 dias

Um grupo de oito pescadores angolanos, que alegadamente praticavam pesca ilegal em águas nacionais, foi resgatado com vida depois de quase 20 dias à deriva no mar, anunciou hoje a polícia fiscal.

© Mike Hutchings / Reuters

Em declarações à imprensa, o capitão do navio, Tomás David, disse que a embarcação se fez ao mar no dia 19 de maio, tendo registado uma avaria que os deixou à deriva durante esse período.

Tomás David contou que, depois de duas semanas, ficaram sem alimentação e sem comunicação.

Segundo o subcomissário Júlio Vunge, da polícia fiscal, a localização dos pescadores, na zona de Ambriz, província do Bengo, foi possível através de informação fornecida por plataformas petrolíferas.

Já o chefe da capitania do porto, João Batista, disse que a embarcação e a tripulação não têm a documentação regularizada, pelo que serão aplicadas multas.

Lusa

  • Duas mulheres morrem com gripe A na Madeira
    1:01

    País

    Duas mulheres, de 59 e 57 anos, morreram com o vírus da gripe A nos cuidados intensivos do Hospital Central do Funchal, na Madeira. Há pelo menos sete pessoas internadas por infecção, duas estão nos cuidados intensivos.