sicnot

Perfil

Mundo

Polícia venezuelana bloqueia protesto da oposição

A polícia de intervenção venezuelana impediu hoje que um protesto da oposição se dirigisse para a sede da Comissão eleitoral nacional (CEN) em Caracas, e dispersou a marcha que exigia ao Presidente Nicolás Maduro a convocação de um referendo revogatório.

© Carlos Garcia Rawlins / Reute

Pela terceira vez nos últimos dias a polícia impediu pela força uma marcha que se dirigia para a CEN, que a oposição acusa de estar a obstruir a convocação do referendo revogatório e proteger um Presidente que acusam de estar a conduzir o país para o colapso.

Os opositores de Maduro consideram que o país latino-americano poderá dirigir-se para um conflito interno caso as autoridades não permitam a realização do referendo sobre a liderança de Maduro, e quando a situação económica e social continua a degradar-se, incluindo no acesso a diversos bens de primeira necessidade.

Cerca de 1.000 pessoas integraram esta marcha, e entoavam a frase "Este governo vai cair", antes da intervenção policial, onde foi utilizado gás pimenta.

A oposição pretende convocar um referendo antes de 10 de janeiro -- o quarto ano do mandato de seis anos de Maduro --, e quando um voto com sucesso permitiria a convocação de novas eleições, e não a transferência de poder para o vice-presidente.

Lusa

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.