sicnot

Perfil

Mundo

Japonesa detida por viajar com cadáveres dos filhos no carro

A polícia prendeu hoje uma mulher japonesa que viajava com os cadáveres dos filhos menores de idade no banco de trás do carro, sendo a principal suspeita da morte das crianças.

arquivo reuters

A mulher de 30 anos encontra-se sob custódia policial e está a ser interrogada pelas autoridades, que tentam esclarecer as causas da morte dos menores, informou a agência nipónica Kyodo.

Na véspera, um familiar tinha avisado a polícia do desaparecimento da mãe e dos filhos, naturais da província japonesa de Yamaguchi (sudoeste do Japão).

Os agentes da polícia detiveram às 06:30 de hoje (20:30 de terça-feira em Portugal) um veículo ao verem que tinha matrícula desta província. Descobriram que a condutora era a mulher desaparecida, que viajava com os cadáveres dos seus filhos no banco de trás.

O veículo foi encontrado na localidade de Yame, numa zona montanhosa da província de Fukuoka e próxima de Kumamoto.

A polícia acredita que a mãe tentou suicidar-se depois de ter matado os filhos, disseram fontes da investigação ao diário nipónico Asahi.

  • Novo regime dos recibos verdes "acaba com as injustiças dos escalões"
    1:10
  • Brinquedos tecnológicos para oferecer no Natal
    5:33
  • Aniversário de Marcelo passado nas comemorações dos 700 anos da Marinha
    1:45

    País

    O Presidente da República defende que é preciso continuar a investir na Armada, nas pessoas, nas capacidades e no apoio de retaguarda. No dia em que fez 69 anos, Marcelo Rebelo de Sousa esteve nas comemorações dos 700 da Marinha, onde sublinhou os sete séculos de conquistas e de combates navais.

  • Costa anuncia reunião sobre neutralidade carbónica em fevereiro
    2:03

    País

    O Presidente francês defende que é preciso ir mais longe e mais rápido na luta contra as alteração climáticas, numa resposta à decisão de Donald Trump de retirar os EUA do Acordo de Paris. Em fevereiro, será a vez de Portugal organizar uma reunião sobre energia e transportes.