sicnot

Perfil

Mundo

Presidente turco ratifica lei que dita fim da imunidade parlamentar

O Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, ratificou na terça¬-feira a controversa lei que permite levantar a imunidade de quase 150 deputados, sobretudo da ala pró-curda, informa a imprensa local.

Recep Tayyip Erdogan, Presidente da Turquia.

Recep Tayyip Erdogan, Presidente da Turquia.

© Umit Bektas / Reuters

O Parlamento turco aprovou, a 20 de maio, uma reforma constitucional que implica o levantamento da imunidade aos deputados que estejam sob investigação judicial.

A esquerda pró-curda considera a legislação um "golpe de Estado", já que afeta a grande maioria dos seus deputados.

Atualmente, 148 deputados de um total de 550 encontram-se expostos a processos judiciais, incluindo 50 dos 59 eleitos pelo Partido Democrático dos Povos (HDP, esquerda e pró-curdo), segundo o jornal Birgün.

O HDP é acusado pelo poder turco de ser o "braço político" do ilegalizado Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), considerado uma "organização terrorista" por Ancara, Washington e Bruxelas.

Lusa

  • Governo vai avaliar situação da associação Raríssimas
    1:41

    País

    O Governo promete avaliar a situação da instituição Raríssimas e agir em conformidade, depois da denúncia de alegadas irregularidades na gestão financeira. A presidente da instituição terá usado dinheiro da Raríssimas para gastos pessoais como vestidos de alta-costura e alimentação. Esta é uma instituição que apoia doentes e famílias que convivem de perto com doenças raras. 

  • Diáconos permanentes: quem são e que cargo ocupam na comunidade católica
    10:04
  • Múmia quase intacta descoberta em Luxor
    1:23

    Mundo

    O Egito anunciou, este sábado, a descoberta de dois pequenos túmulos com 3.500 anos na cidade de Luxor. Foram também encontrados uma múmia em bom estado de conservação, uma estátua do deus Ámon Ra e centenas de artefactos de madeira e cerâmica ou pinturas intactas.