sicnot

Perfil

Mundo

Presidente turco ratifica lei que dita fim da imunidade parlamentar

O Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, ratificou na terça¬-feira a controversa lei que permite levantar a imunidade de quase 150 deputados, sobretudo da ala pró-curda, informa a imprensa local.

Recep Tayyip Erdogan, Presidente da Turquia.

Recep Tayyip Erdogan, Presidente da Turquia.

© Umit Bektas / Reuters

O Parlamento turco aprovou, a 20 de maio, uma reforma constitucional que implica o levantamento da imunidade aos deputados que estejam sob investigação judicial.

A esquerda pró-curda considera a legislação um "golpe de Estado", já que afeta a grande maioria dos seus deputados.

Atualmente, 148 deputados de um total de 550 encontram-se expostos a processos judiciais, incluindo 50 dos 59 eleitos pelo Partido Democrático dos Povos (HDP, esquerda e pró-curdo), segundo o jornal Birgün.

O HDP é acusado pelo poder turco de ser o "braço político" do ilegalizado Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), considerado uma "organização terrorista" por Ancara, Washington e Bruxelas.

Lusa

  • Taxa de desemprego abaixo dos 10%

    Economia

    A taxa de desemprego em fevereiro ficou afinal nos 9,9%. O Instituto Nacional de Estatística reviu o indicador em baixa de 0,1 pontos percentuais, esta sexta-feira. É o valor mais baixo desde fevereiro de 2009.

  • Incêndio dominado em Gondomar
    4:25

    País

    Está dominado o incêndio que esta manhã obrigou à evacuação da Escola Secundária de São Pedro da Cova, no concelho de Gondomar. A repórter Susana Bastos esteve no local.

  • "Tanolas" tem cadastro criminal e já foi condenado a pena suspensa
    0:55