sicnot

Perfil

Mundo

Preso polícia brasileiro famoso por acompanhar detidos do Lava Jato

O polícia Newton Ishii, apelidado de "Japonês da Federal" e que ficou conhecido por acompanhar presos da Operação Lava Jato, foi preso terça-feira em Curitiba, pelo crime de facilitação de contrabando.

Newton Ishii e José Dirceu

Newton Ishii e José Dirceu

© Rodolfo Buhrer / Reuters

Newton Ishii e Marcelo Odebrecht

Newton Ishii e Marcelo Odebrecht

© Rodolfo Buhrer / Reuters

Atualmente no cargo de chefe substituto de Operações Especiais da Polícia Federal em Curitiba, Newton Ishii é responsável pela logística e escolta de presos.

Ao conhecer a decisão judicial, Newton Ishii apresentou-se espontaneamente na delegacia.

Segundo o advogado do agente, Oswaldo de Mello Junior, citado pelo portal de Internet G1, Newton Ishii foi condenado a quatro anos, dois meses e 21 dias no âmbito da Operação Sucuri, que descobriu o envolvimento de agentes na entrada de contrabando no país, pela fronteira com o Paraguai, em Foz do Iguaçu.

"O Superior Tribunal de Justiça (STJ) denegou um recurso que nós tínhamos recorrido na semana passada", disse o advogado.

Com a deflagração da Operação Lava Jato, que investiga o maior esquema de corrupção no país, envolvendo dezenas de políticas e várias empresas, Newton Ishii tornou-se famoso, ao aparecer ao lado de empreiteiros, operadores financeiros e políticos detidos.

A fama traduziu-se, inclusive, num tema de uma música, assinada pelo advogado e compositor Thiago Vasconcelos de Souza, que inclui o seguinte trecho: "Ai meu Deus, me dei mal. Bateu a minha porta, o japonês da Federal".

A detenção do agente está a ser abordada nas redes sociais, sendo alvo de piadas, como "japonês da federal diante do espelho falando 'are you talking to me'" (estás a falar comigo, em inglês).

Lusa

  • SIC faz-se à estrada para ouvir eleitores
    2:13
  • Furacão Maria ameaça Ilhas Virgens e Porto Rico

    Mundo

    O furacão Maria "potencialmente catastrófico" está a ameaçar as Ilhas Virgens e o Porto Rico, depois de esta terça-feira ter semeado a destruição na Dominica e provocado um morto e dois desaparecidos na ilha francesa de Guadalupe.

  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.

  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC