sicnot

Perfil

Mundo

Três mortos e mais de 30 feridos em explosão de bomba na Turquia

Três pessoas morreram e mais de 30 ficaram feridas na explosão de um carro armadilhado, esta manhã, numa esquadra na cidade de Midyat, na província turca de Mardinon, junto à fronteira com a Síria.

© Osman Orsal / Reuters

O ataque acontece numa região no sudeste, de maioria curda, um dia depois de 11 pessoas terem morrido na explosão de uma bomba, em Istambul. Ninguém reclamou a autoria do ataque de ontem - o quarto em Istambul registado este ano, mas os militantes curdos levam regularmente a cabo ataques com carros armadilhados contra esquadras da polícia.

Os rebeldes curdos e as forças governamentais retomaram os confrontos no ano passado, pondo fim a um cessar-fogo em vigor desde 2013, na sequência de negociações secretas entre o líder do PKK, Abdullah Ocalan, e o Estado turco.

Ancara tem levado a cabo uma intensa ofensiva contra o PKK - listado como grupo terrorista pelo Estado turco e pelos seus aliados ocidentais - conduzindo "operações de limpeza" em várias cidades do sudeste turco.

Vários grupos ativistas acusam as forças governamentais pela destruição de centros urbanos e pela morte de civis. O Governo considera que estas operações são essenciais para a segurança pública e culpa o PKK pelos estragos.

Mais de 40 mil pessoas morreram desde que o PKK decidiu iniciar uma luta armada, em 1984, pela constituição de um Estado curdo independente. Desde então, o grupo tem diminuído as suas exigências, que agora passam por "maior autonomia" e maiores "direitos culturais".

  • Explosão em Istambul faz pelo menos 11 mortos

    Mundo

    Uma explosão fez hoje pelo menos 11 mortos e mais de 30 feridos no centro de Istambul, na Turquia. De acordo com a imprensa, o alvo era um veículo da polícia turca que passava no local à altura do ataque. A explosão aconteceu perto de uma paragem de autocarro, numa altura muito movimentada no centro histórico da cidade turca.

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.