sicnot

Perfil

Mundo

Urina para aquecer a água do duche ou para cozinhar

"Que quantidade de urina se perde ao longo dos anos?", questionou-se um dia Gabriel Luna-Sandoval. Nove anos mais tarde, no México, criou uma tecnologia que permite utilizar a urina para aquecer água, cozinhar ou mesmo facilitar as viagens espaciais.

Gabriel Luna-Sandoval mostra a cuba acrílica onde é guardada e transformada a urina.

Gabriel Luna-Sandoval mostra a cuba acrílica onde é guardada e transformada a urina.

Ao efetuar a eletrólise da urina, este cientista mexicano de 41 anos consegue separar as moléculas de hidrogénio e de oxigénio que constituem o líquido. O hidrogénio é então utilizado para produzir biogás.

O oxigénio resultante da eletrólise pode mesmo ser utilizado para respirar em caso de emergência, nomeadamente pelos astronautas nas longas viagens pelo espaço. Segundo o inventor, poderão levar consigo um pequeno reservatório com o qual poderão extrair o oxigénio da sua própria urina.

Mas para o cientista da Universidade de Sonora, o principal objetivo da sua invenção é o de conseguir uma alternativa ecológica ao gás de petróleo liquefeito (GPL), que contribui para o aquecimento global, polui as ruas e mesmo o interior das casas.

"Que quantidade de urina se perde ao longo dos anos?", foi esta a questão que lançou Luna-Sandoval nesta busca. "Um adulto produz 1,4 litros de urina por dia", são 25550 litros em 50 anos.

O engenheiro mecânico inventou então um protótipo: uma pequena cuba acrílica com 20 centímetros quadrados equipada de elétrodos metálicos onde é guardada e transformada a urina.

Para aquecer a água para um duche de 15 minutos, são apenas necessários 13 a 21 mililitros deste "líquido vital", explica Luna-Sandoval. E para cozinhar uns feijões numa panela durante uma hora, de 70 a 130 mililitros.

Este biogás é inodoro. "Nem os feijões nem a água do duche" vão fazer lembrar a origem do combustível, garante o cientista a sorrir.

Mas para reduzir os odores provocados pela concentração de amoníaco ao longo dos dias dentro da cuba, "passamos a urina por um filtro especial", explica à agência France Press.

E o hidrogénio produzido no reservatório pode também ser utilizado para fazer funcionar motores de combustão interna. "Já fizemos experiências para fazer funcionar pequenos geradores de eletricidade", revela.

Para recolher a urina diretamente nas casas de banho, o inventor propõe a instalação de uma ligação por canos até um reservatório de transformação.

Esta tecnologia foi patenteada há cerca de um mês e, de acordo com Ulises Cano, membro do Sistema Nacional de Investigadores do México e perito em eletroquímica, esta invenção "não é descabida" e possui mesmo "viabilidade técnica. Resta saber se tem de facto"viabilidade económica".

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.