sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 23 mortos em dois ataques suicidas em Bagdad

Pelo menos 23 pessoas morreram, entre as quais quatro soldados, em dois ataques suicidas no norte e a sudeste da capital, Bagdad, um deles reivindicado pelo Daesh.

© Khalid Al Mousily / Reuters

O atentado mais grave, que matou 19 pessoas e feriu 62 no bairro de Nova Bagdad, foi provocado por um condutor que detonou os explosivos do carro-bomba, no sudeste da capital iraquiana.

O grupo jihadista Daesh assumiu a autoria do ataque e identificou o suicida como Abu Muyahid al Iraqi, num comunicado difundido nas redes sociais, mas de autenticidade ainda não confirmada.

Na mesma nota assegurava-se também que os explosivos foram ativados ao pé de um agrupamento de combatentes da milícia pró-governamental Multidão Popular.

Segundo uma fonte policial, o ataque aconteceu perto do cinema "Al Beidaa" e causou, para além das mortes e ferimentos, numerosos danos materiais nos edifícios e veículos em redor.

Quatro soldados morreram e onze pessoas ficaram feridas no segundo atentado, a um quartel militar na zona de Al Tayi, a 30 quilómetros a norte de Bagdad.

O autor do ataque levava um cinturão de explosivos junto ao corpo e detonou-o à entrada das instalações militares.

Nas últimas semanas têm sido registados muitos ataques aos mercados e cafés populares em várias cidades do país, reivindicados na sua maioria pelo Daesh.

No passado dia 17 de maio, pelo menos 36 pessoas morreram e várias dezenas foram feridas, numa nova onda de atentados com a marca do Daesh em Bagdad, que sofreu, nessas datas, a mais grave série de ataques do ano.


Lusa

  • Hoje é notícia 

    País

    O PSD leva a debate parlamentar a reprogramação do atual quadro comunitário, desafiando os partidos a pronunciarem-se sobre a proposta inicial do Governo, que considera "não servir o país". Os parceiros sociais e o Governo reúnem-se na Concertação Social para discutirem o Programa Nacional de Reformas. O Sporting de Braga procura alcançar o Sporting no 3º lugar da I Liga, ao defrontar o Marítimo na abertura da 31.ª jornada. Estas e outras notícias marcam a atualidade desta sexta-feira.

  • É importante que "as pessoas não tenham medo" de denunciar o tráfico humano
    0:48

    País

    Manuel Albano, relator nacional para o tráfico de pessoas, concorda com a ideia de que é necessário continuar a investir na inspeção e na fiscalização para travar o tráfico de seres humanos, mas rejeita a denúncia do sindicato dos trabalhadores do SEF, que esta quinta-feira alertou para a "falta de controlo".

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
  • Salas de consumo assistido previstas na lei há 17 anos
    3:01

    País

    Dezassete anos depois, Lisboa vai ter as primeiras salas de consumo assistido, vulgarmente conhecidas como salas de chuto. O objetivo é apoiar os mais de 1400 toxicodependentes sinalizados e evitar a propagação de doenças.

  • O que faz um guaxinim às duas da manhã num quartel de bombeiros?

    Mundo

    Os animais são muitas vezes os protagonistas de histórias incríveis ou até insólitas. Desde o cão mais pequeno ao urso mais assustador. Desta vez, o principal interveniente é um guaxinim, que foi levado até um quartel de bombeiros por uma dona muito preocupada. Porquê? O animal estava sob o efeito de drogas.

    SIC

  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC