sicnot

Perfil

Mundo

Nova Iorque vai reforçar segurança na semana do orgulho gay

As autoridades de Nova Iorque anunciaram hoje medidas especiais de segurança durante a semana do Orgulho Gay (Gay Pride), que começa no próximo domingo e termina com uma marcha pela cidade a 26 de junho.

© ERIC THAYER / Reuters

O anúncio foi feito pelo presidente da câmara da cidade, Bill de Blasio, em conferência de imprensa, que contou com a presença de vários responsáveis policiais e durante a qual foram apresentadas as medidas especiais de segurança adotadas na sequência do tiroteio de Orlando.

Pelo menos 50 pessoas morreram e 53 ficaram feridas quando um indivíduo, identificado como Omar Mateen, entrou numa discoteca 'gay' de Orlando e começou a disparar indiscriminadamente, antes de ser abatido pela polícia.

De Blasio declarou que, apesar de a polícia ter sempre uma "forte presença" durante a semana do Orgulho Gay de Nova Iorque, este ano haverá um reforço de efetivos policiais, na sequência do ataque de Orlando.

A semana do Orgulho Gay de Nova Iorque vai começar no próximo domingo com uma série de acontecimentos culturais e políticos e, seguindo uma tradição começada em 1970, a 26 de junho realiza-se uma marcha pela cidade. Em edições anteriores, milhares de pessoas participaram na marcha.

O desfile percorre a Quinta Avenida, entre a rua 36 e bairro de Greenwich.

"Vamos trabalhar com a comunidade LGBT [lésbicas, gays, bissexuais e transexual] não só em Manhattan, mas também em outros distritos para garantir um destacamento de efetivos para reforço da segurança das pessoas", sublinhou De Blasio.

Lusa

  • Costa de Metro de Odivelas para Lisboa para relembrar corrida entre burro e Ferrari
    2:55

    Autárquicas 2017

    António Costa começou hoje o dia de campanha em Odivelas, para uma viagem de Metro até Lisboa, em que recordou a célebre corrida entre um burro e um Ferrari que protagonizou em 1993 quando foi canditado do PS à Câmara de Loures. Foi nesta cidade, onde ontem à noite, que desferiu um violento ataque a Pedro Passos Coelho, acusando-o de transformar o PSD num partido que não é digno de um Estado democrático.

  • O aeroporto de Beja, um "elefante branco" na planície alentejana
    4:33
  • Paciente há 15 anos em estado vegetativo consegue seguir objetos e mexer a cabeça

    Mundo

    Um homem de 35 anos, que ficou em estado vegetativo após um acidente de viação há 15 anos, deu sinais de consciência depois de lhe ter sido aplicada uma nova técnica de estimulação nervosa. Cirurgiões implantaram no paciente um pequeno aparelho que estimula o nervo vago, responsável pela ligação nervosa entre o cérebro e o resto do corpo. A intervenção aconteceu em França e a descoberta foi publicada na revista científica Current Biology.