sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 21 civis morreram em ataques aéreos a cidade da Síria

Pelo menos 21 civis, entre eles cinco crianças, morreram hoje em bombardeamentos de aviação russa ou do regime sírio contra um mercado na cidade de Idleb, no norte da Síria.

© Khalil Ashawi / Reuters

De acordo com o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, este número de vítimas mortais ainda é preliminar e é provável que aumente com a gravidade de alguns feridos.

A organização não indica se os ataques aéreos partiram de aviões da força aérea do regime do presidente sírio, Bashar al-Assad, ou da Rússia, aliada do regime de Damasco, capital da Síria.

A maior parte da cidade de Idleb está controlada pela Frente Al-Nusra, ligada à organização terrorista islâmica Al-Qaeda, ou por outras facões armadas rebeldes, pelo que com frequências há bombardeamentos da aviação síria e russa nesta região.

A 31 de maio, pelo menos 23 civis morreram e dezenas ficaram feridos com 'raides' violentos na mesma cidade. Na altura, o Observatório Sírio dos Direitos Humanos imputou os ataques à Rússia, mas Moscovo negou.

A guerra na Síria entrou no sexto ano consecutivo, tendo já feito mais de 280 mil mortos e forçado milhões de pessoas ao exílio.

Lusa

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.