sicnot

Perfil

Mundo

Explosão no aeroporto de Xangai causada por homem endividado

A polícia chinesa identificou hoje um homem de 29 anos, endividado devido ao jogo online, como suspeito de causar uma explosão no principal aeroporto de Xangai, a capital económica do país, e que causou quatro mortos.

© Aly Song / Reuters

Zhou Xingbai trabalhava numa empresa da área eletrónica na cidade de Kunshan, perto de Xangai, mas perdeu as suas poupanças no jogo e tinha dificuldades em pagar despesas diárias, disse a polícia de Xangai em comunicado.

O homem terá dito aos seus amigos através das redes sociais que "devia dinheiro a muita gente" e estava a preparar-se "para fazer algo extremamente louco", afirmando que perderia a sua "vida inútil de certeza".

Um comunicado difundido anteriormente pelo governo detalhou que Zhou atirou, no domingo, uma garrafa de cerveja cheia de explosivos para um balcão de embarque no terminal dois do aeroporto internacional de Pudong.

A seguir, espetou uma faca no pescoço, antes de ser levado para o hospital em estado crítico.

A polícia disse que ele usou pólvora de fogo-de-artifício no seu explosivo de fabrico caseiro, cujos resíduos foram encontrados no seu quarto alugado em Kunshan.

"Uma garrafa de cerveja com um rastilho a arder rolou em direção à fila de passageiros quando aguardávamos pelo check-in", descreveu a passageira Susan Shen, citada pelo jornal oficial Shanghai Daily.

"E de repente a garrafa explodiu com força, libertando faíscas coloridas como fogo-de-artifício", disse.

Zhou era natural da província de Guizhou, no sudoeste da China, e vivia em Kunshan desde 2014, segundo a polícia.

Ocasionalmente existem relatos de casos deste género na imprensa chinesa.

Em 2013, um homem que se deslocava numa cadeira de rodas detonou uma bomba de fabrico caseiro no aeroporto internacional de Pequim em protesto contra alegada brutalidade policial.

No ano passado, um desempregado causou uma explosão num parque na província de Shandong, que resultou na sua morte e de outra pessoa e deixou 24 feridos.


Lusa

  • "Sinto-me como quem leva uma sova monumental"
    0:30
  • Temperaturas vão subir até 4ª feira

    País

    As temperaturas vão subir até esta quarta-feira, prevendo-se máximas entre os 22 e os 29 graus na generalidade do território, valores acima do normal para a época do ano, adiantou hoje a meteorologista Maria João Frada.

  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Equipa responsável por renovação da Proteção Civil ainda não é conhecida
    2:45

    País

    A constituição da unidade de missão que deverá entrar esta segunda-feira em funções para concretizar a reforma dos sistemas de prevenção e combate a incêndios ainda não é conhecida. A equipa de trabalho anunciada por António Costa será responsável por pôr de pé o novo sistema de Proteção Civil, aprovado no Conselho de Ministros extraordinário de sábado.

  • "Quero unir o PSD depois de o clarificar"
    1:17
  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31
  • Antigos presidentes dos EUA angariam 26 milhões para vítimas dos furacões
    0:58

    Mundo

    Os cinco antigos presidentes dos Estados Unidos da América ainda vivos juntaram-se para ajudar as vítimas dos furacões. Bill Clinton e Barack Obama lembraram as vítimas dos furacões e elogiaram o espírito solidário dos norte-americanos. Os antigos presidentes norte-americanos lançaram o apelo no início do mês passado e já conseguiram angariar cerca de 26 milhões de euros.