sicnot

Perfil

Mundo

Explosão no aeroporto de Xangai causada por homem endividado

A polícia chinesa identificou hoje um homem de 29 anos, endividado devido ao jogo online, como suspeito de causar uma explosão no principal aeroporto de Xangai, a capital económica do país, e que causou quatro mortos.

© Aly Song / Reuters

Zhou Xingbai trabalhava numa empresa da área eletrónica na cidade de Kunshan, perto de Xangai, mas perdeu as suas poupanças no jogo e tinha dificuldades em pagar despesas diárias, disse a polícia de Xangai em comunicado.

O homem terá dito aos seus amigos através das redes sociais que "devia dinheiro a muita gente" e estava a preparar-se "para fazer algo extremamente louco", afirmando que perderia a sua "vida inútil de certeza".

Um comunicado difundido anteriormente pelo governo detalhou que Zhou atirou, no domingo, uma garrafa de cerveja cheia de explosivos para um balcão de embarque no terminal dois do aeroporto internacional de Pudong.

A seguir, espetou uma faca no pescoço, antes de ser levado para o hospital em estado crítico.

A polícia disse que ele usou pólvora de fogo-de-artifício no seu explosivo de fabrico caseiro, cujos resíduos foram encontrados no seu quarto alugado em Kunshan.

"Uma garrafa de cerveja com um rastilho a arder rolou em direção à fila de passageiros quando aguardávamos pelo check-in", descreveu a passageira Susan Shen, citada pelo jornal oficial Shanghai Daily.

"E de repente a garrafa explodiu com força, libertando faíscas coloridas como fogo-de-artifício", disse.

Zhou era natural da província de Guizhou, no sudoeste da China, e vivia em Kunshan desde 2014, segundo a polícia.

Ocasionalmente existem relatos de casos deste género na imprensa chinesa.

Em 2013, um homem que se deslocava numa cadeira de rodas detonou uma bomba de fabrico caseiro no aeroporto internacional de Pequim em protesto contra alegada brutalidade policial.

No ano passado, um desempregado causou uma explosão num parque na província de Shandong, que resultou na sua morte e de outra pessoa e deixou 24 feridos.


Lusa

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.