sicnot

Perfil

Mundo

Autor do crime em Paris já tinha sido condenado por ligações a grupo jihadista

Autor do crime em Paris já tinha sido condenado por ligações a grupo jihadista

O Governo francês classifica o duplo homicídio de um polícia e da mulher, ontem à noite, nos arredores de Paris, como um "ato terrorista". O alegado homicida, de 25 anos, que foi depois abatido pela forças policiais, já tinha sido condenado por envolvimento num grupo jihadista.

  • Hollande classifica como "ato terrorista" o duplo homicídio de polícia e da mulher
    0:51

    Mundo

    O Governo francês classificou o duplo homicídio de um polícia e da mulher nos arredores de Paris como um "ato terrorista". O Presidente francês, François Hollande, esteve reunido de emergência com elementos do Governo e oficiais da polícia francesa, no final do encontro garantiu que o Executivo está totalmente mobilizado para enfrentar uma ameaça considerada elevada.

  • Homicídio de policia francês e mulher é "ato terrorista abjeto"

    Daesh

    O ministro do Interior francês classificou hoje o duplo homicídio de um polícia e da sua mulher nos arredores de Paris como um "ato terrorista abjeto". Um homem esfaqueou o polícia até à morte quando este chegava a casa e fez reféns a mulher e o filho, dentro da residência da família, na localidade de Magnanville.

  • Homem que matou polícia e mulher em França era do Daesh

    Daesh

    Um polícia francês e a mulher foram mortos em casa por um vizinho que pertencia ao Daesh, esta segunda-feira, na localidade de Magnanville, nos arredores de Paris. A agência ligada à organização terrorista Estado Islâmico anunciou entretanto que o ataque foi perpetado por um dos seus "combatentes". O homem já tinha sido condenado por ligações terroristas.

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.