sicnot

Perfil

Mundo

Detidas 15 pessoas em manifestação em Paris contra a reforma laboral

Vinte e seis pessoas, 20 das quais polícias, ficaram feridas hoje durante uma manifestação contra a reforma laboral em Paris, enquanto 15 outras foram detidas, informou a polícia.

© Philippe Wojazer / Reuters

Antes, a prefeitura da polícia da capital francesa já tinha informado que várias "centenas de pessoas encapuzadas" tinham lançado projéteis contra as forças da ordem durante o desfile.

Uma repórter da agência France Presse no local indicou que alguns manifestantes invadiram um estaleiro de obras e atiraram as tábuas encontradas contra a polícia antimotim.

Desde março que a reforma sobre a lei laboral está no centro de uma viva, e por vezes violenta, contestação.

As greves de hoje fecharam a Torre Eiffel e interromperam ligações de transportes, quando milhares de adeptos entram em França para assistir aos jogos do Euro 2016, o campeonato europeu de futebol.

Nos últimos meses as greves têm perturbado fortemente os transportes aéreos e ferroviários e já causaram falta de combustível e fizeram o lixo amontoar-se nas ruas de Paris.

"Tenho estado em todas as manifestações desde março porque quero viver com dignidade, não apenas sobreviver", disse Aurelien Boukelmoune, 26 anos e técnico do setor da energia, que se manifestava em Paris.

Sobrecarregadas com o estado de alerta devido à ameaça terrorista durante o Euro 2016 e temendo que pudesse haver violência, as autoridades impediram 130 desordeiros conhecidos de participarem nas manifestações.

A reforma laboral apresentada como um modo de flexibilizar o mercado de trabalho e reduzir o desemprego é vista pelos manifestantes como conduzindo a mais precariedade.

Os sindicatos anunciaram a mobilização de várias centenas de milhares de pessoas, enquanto o chefe da polícia de Paris, Michel Cadot, disse estar à espera de "talvez mais de 50.000 manifestantes" só na capital.

Dois outros protestos estão marcados até ao final do mês.

Lusa

  • Pablo Bravo: o chileno suspeito de um assalto milionário em Gaia
    6:01

    País

    As autoridades receiam um aumento da violência nos assaltos de redes sul-americanas em Portugal, à semelhança do que tem acontecido noutros países europeus. Pablo Bravo é um chileno com um longo cadastro criminal que, em Portugal, é suspeito de um assalto milionário a um hipermercado, em Gaia e, dias depois, foi detido em flagrante, em Paris, a tentar roubar uma loja de relógios de luxo.

    Notícia SIC

  • Obras para as novas instalações da SIC já começaram
    1:54

    País

    As obras do novo estúdio da SIC e SIC Notícias vão começar. A ampliação do edifício do grupo Impresa vai unir os funcionários do grupo num único espaço, com uma área de 750 metros. O Presidente da Câmara de Oeiras entregou esta terça-feira a licença de obra.

  • Cada vez mais pessoas viajam no Carnaval e Páscoa
    3:08

    Economia

    A procura de viagens na altura do Carnaval e Páscosa tem vindo a aumentar e vários destinos já estão esgotados já que muitas pessoas optam por tirar dias de férias nesta altura do ano. Em contagem decrescente, as agências de viagens não têm tido mãos a medir com promoções e ofertas para destinos variados e adequados a várias bolsas.

  • Jovem indiano acorda a caminho do próprio funeral

    Mundo

    Um jovem indiano chocou os seus pais e amigos, depois de acordar no caminho para o seu próprio funeral. No mês antes, Kumar Marewad foi levado para o hospital após ser mordido por um cão de rua, ficando em estado grave.

  • Carro "desgovernado" entra em loja e atropela cliente

    Mundo

    O cliente de um mini-mercado no condado de Bronx, em Nova Iorque, sobreviveu de forma incrível ao impacto de um automóvel que entrou loja adentro. Apesar da violência das imagens, o homem sobreviveu e conseguiu mesmo sair da loja pelo próprio pé até ser transportado para o hospital.

  • Bilhete de desculpas valeu uma bolsa de estudo

    Mundo

    Um jovem chinês ganhou uma bolsa de estudos no valor de 10 mil yuan (cerca de 1.380 euros), depois de danificar acidentalmente um carro de luxo. Isto, porque após os estragos, o jovem deixou um bilhete de desculpas ao dono, assim como todo o dinheiro que tinha com ele, como compensação.

  • Pulseira deixa sentir os movimentos do bebé ainda na barriga da mãe

    Mundo

    A pulseira Fibo permite que os futuros pais (ou mães) consigam sentir os seus filhos a dar pontapés ainda na barriga da mãe. Desenvolvida por um designer de joias da Dinamarca, a pulseira vai transmitir os movimentos do bebé no útero, de modo a que os pais possam partilhar essa experiência da gravidez.