sicnot

Perfil

Mundo

Polícia turca impede venda de joia de Kadhafi por dez milhões de dólares

A polícia turca apreendeu um punhal em marfim com várias pedras preciosas incrustadas que terá pertencido ao antigo líder líbio, Muammar Kadhafi, e que estava para ser vendido por dez milhões de dólares no mercado negro.

AP

Na sequência de uma denúncia, a polícia investigou a casa de um empresário no bairro de Esenyurt, no lado europeu de Istambul, e confiscou a joia, noticiou a agência oficial turca, Anadolu, citada pela agência France Presse.

O punhal, com safiras, esmeraldas e diamantes incrustados, foi pilhado no palácio de Kadhafi durante a revolução líbia, que resultou na morte do ditador, em 2011.

O empresário turco estava em negociações para vender a joia a um empresário saudita em Istambul, depois de a ter adquirido na Líbia por 4,6 milhões de dólares (4,1 milhões de euros) há cerca de três meses.

O suspeito foi detido ao tentar vender o punhal ao empresário saudita por 10 milhões de dólares (8,9 milhões de euros), noticiou a agência turca, que divulgou uma imagem da joia.

A polícia deteve ainda dois cúmplices, de acordo com a mesma fonte, que se encontram agora a aguardar julgamento em liberdade.

Istambul é um centro importante de tráfico de obras de arte e antiguidades, e a polícia turca reclama frequentemente sucesso na apreensão de artefactos que estão para ser vendidos de forma ilegal.

  • Conselheira do Presidente dos EUA descreve Trump como um "homem bom e generoso"
    1:56
  • O que acontece quando se mistura tigres e um drone?
    0:59

    Mundo

    O que acontece quando se mistura tigres da Sibéria com tecnologia moderna? Um vídeo gravado na China apresenta os animais a correrem e a saltarem, tudo para apanhar aquele objeto tão estranho. Quando conseguem meter patas ao drone, o resultado só poderia ser um.