sicnot

Perfil

Mundo

Atividade humana causa "provável" do incêndio de Fort McMurray, Canadá

As autoridades do Canadá informaram hoje que o incêndio de grande dimensão de Fort McMurray, no noroeste do país, que obrigou à retirada de mais de 90 mil pessoas em maio foi "provavelmente" causado pela "atividade humana".

© Mark Blinch / Reuters

As causas do incêndio estão ainda sob investigação para determinar se foi um ato criminoso.

As autoridades da província de Alberta, onde teve início o fogo florestal, explicaram que o incêndio - apelidado no Canadá como "a besta" -- continua em curso, mas está contido e não deverá crescer.

O incêndio, detetado a 1 de maio a poucos quilómetros a sul da localidade de Fort McMurray, consumiu 5.900 quilómetros quadrados de floresta.

A rápida expansão do incêndio obrigou à retirada da população de Fort McMurray a 03 de maio.

O incêndio destruiu cerca de 10% de Fort McMurray, uma cidade com cerca de 80 mil habitantes, mas não causou mortos ou feridos.

Lusa

  • Tragédia de Vila Nova da Rainha foi há uma semana
    7:18
  • Escutas da Operação Marquês "não podem servir de prova"
    1:36

    Operação Marquês

    As defesas de José Sócrates e de Ricardo Salgado queixam-se que as escutas do processo Marquês estão infetadas por um vírus informático. Os advogados dizem que tal como estão as escutas não podem servir de prova. No entanto, o Ministério Público diz que estão reunidas as condições para começar a contar o prazo para a abertura de instrução.

    Luís Garriapa

  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Admirável mundo novo
    16:17