sicnot

Perfil

Mundo

EUA avisam Rússia que a paciência em relação à Síria está a esgotar-se

O chefe da diplomacia norte-americana, John Kerry, avisou hoje a Rússia de que a paciência dos Estados Unidos em relação ao conflito na Síria e à saída do poder do Presidente Bashar al-Assad está a esgotar-se.

© Joshua Roberts / Reuters

"A Rússia precisa de compreender que a nossa paciência não é infinita, na verdade é muito limitada quanto ao facto Assad ser ou não responsabilizado", declarou o secretário de Estado norte-americano em Oslo, Noruega, após um encontro com o seu homólogo iraniano, Mohammad Javad Zarif.

Embora sejam os principais patrocinadores do processo de cessar-fogo e das conversações de paz, os Estados Unidos e a Rússia discordam numa questão crucial para a resolução do conflito sírio: o futuro de Assad e a sua eventual saída do poder.

Para Washington, a saída do Presidente sírio não é negociável, enquanto para Moscovo o afastamento de Bashar al-Assad deve ser votado e decidido apenas pelo povo sírio.

Os Estados Unidos estão "também preparados para responsabilizar membros da oposição" suspeitos de abusos ou quem "continua os combates em violação do cessar-fogo", prosseguiu John Kerry.

Três rondas de negociações indiretas entre o regime de Damasco e a oposição síria foram organizadas este ano em Genebra, na Suíça, sob a égide das Nações Unidas, mas nenhuma conduziu a qualquer progresso.

Nos últimos meses, o regime de Damasco intensificou a sua campanha militar contra o grupo extremista Daesh e os grupos rebeldes em redor de Alepo, a segunda maior cidade da Síria.

No início deste mês, Bashar al-Assad prometeu reconquistar "cada centímetro" do seu país, afastando desta forma a hipótese de existir um cessar-fogo duradouro naquele território.

"É muito claro que o fim das hostilidades está no limite e em risco e isso é crítico para que seja aplicado um cessar-fogo autêntico. Sabemos disso, não temos qualquer ilusão", referiu o chefe da diplomacia norte-americana.

"Este é um momento crítico e estamos a trabalhar muito para ver se na próxima semana ou duas semanas conseguimos alcançar um compromisso para um cessar-fogo mais pleno em todo o país e que permita o acesso à ajuda humanitária", afirmou John Kerry, acrescentando que se tal acontecer isso poderá representar "uma verdadeira oportunidade para reunir e começar a falar sobre a transição" política na Síria.

O conflito sírio já matou mais de 280 mil pessoas e fez milhões de deslocados desde o seu início em março de 2011.


Lusa

  • "Hoje vi chover lume"
    3:57
  • A Minha Outra Pátria
    29:53
  • Milhares de clientes da CGD vão pagar quase 5€/ mês por comissões de conta
    1:24

    Economia

    Milhares de clientes da Caixa Geral de Depósitos (CGD), que até aqui estavam isentos de qualquer pagamento, vão começar a pagar quase 5 euros por mês por comissões de conta. A medida abrange também reformados e pensionistas e entra em vigor já em setembro. Ainda assim, os clientes com mais de 65 anos e uma pensão inferior a 835 euros por mês continuam isentos.

  • O apelo da adolescente arrependida de ir lutar pelo Daesh

    Daesh

    Uma adolescente alemã que desapareceu da casa dos pais, no estado da Saxónia, esteve entre os vários militantes do Daesh detidos este fim de semana na cidade iraquiana de Mossul. Arrependida do rumo que deu à sua vida, deixou um apelo emocionado em que expressa, repetidamente, a vontade de "fugir" e voltar para casa.

    SIC