sicnot

Perfil

Mundo

Pornografia dessensibiliza jovens

Muitos jovens vêem ou já viram pornografia online, o que está a preocupar especialistas no Reino Unido. Uma investigação patrocinada pela Comissão de Proteção de Menores do Reino Unido alerta para os perigos dos jovens ficarem "insensíveis" por verem estes conteúdos.

Arquivo Reuters

Na investigação, conduzida no Reino Unido, foram questionados 1001 jovens entre os 11 e os 16 anos: 65% dos adolescentes entre os 15 e os 16 já tinham visto pornografia e 28% dos jovens entre os 11 e os 12 afirmaram também já ter visto este tipo de conteúdos.

Mais de um terço dos rapazes entre os 13 e os 14 anos e um quinto dos rapazes entre os 11 e os 12 anos disseram que queriam copiar o comportamento que tinham observado.

O estudo identificou ainda mais rapazes que raparigas a assumirem terem visto pornografia online por escolha, e não por acidente - essencialmente em computadores portáteis ou smartphones.

Cerca de 14% dos inquiridos admitiram já ter tirado imagens suas, nus ou semi nus.

"Mesmo que muitos jovens digam que não virma pornografia online, é preocupante que muitos acabem por vê-la acidentalmente. Se os rapazes acreditarem que a pornografia representa a realidade das relações sexuais, isto pode levar a perspectivas desadequadas das raparigas e das mulheres. As raparigas podem sentir-se pressionadas a assumir estas interpretações irrealistas, e talvez controversas, do sexo", explica uma das autoras do estudo, Elena Martellozzo.

"Sabemos, pelas nossas pesquisas, que muitos jovens se sentem chocados, confusos ou enojados por aquilo que vêem, e é noso dever ajudá-los a questionar, desafiar e dar-lhe sentido", acrescenta Anne Longfield, da Comissão para as Crianças do Reino Unido.

A investigação é publicada uma semana depois de ter sido divulgado que muitas raparigas vestem calções por baixo das saias da farda escolar, para evitar assédio sexual nas escolas.

Os especialistas deixam o alerta: a indústria e os governos precisam de se responsabilizar mais para assegurar que os jovens são protegidos.

  • Estamos quase na hora de verão

    País

    Esta madrugada muda a hora. Quando for 1h00, os relógios adiantam para as 2h00. Será uma noite com menos tempo de sono, mas os dias vão ficar mais longos com o chamado horário de verão.

  • Divorciados vão poder dividir filhos no IRS 

    Economia

    Os divorciados vão passar a poder dividir os filhos no IRS (imposto sobre o rendimento singular) e o Governo está a estudar soluções para que em 2018 haja um novo sistema para lidar com a guarda conjunta de filhos.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Ataques aéreos dos EUA em Mossul podem ter causado a morte de 200 civis
    1:22
  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.

  • Quando o cancro chega por mero acaso
    1:55

    Mundo

    Cerca de dois terços das mutações que ocorrem nas células cancerígenas devem-se ao acaso, segundo um estudo da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos. Em Portugal, o Diretor do Programa Nacional Doenças Oncológicas alerta para a importância de um diagnóstico precoce e um estilo de vida saudável como forma de reduzir a fatalidade.