sicnot

Perfil

Mundo

Pornografia dessensibiliza jovens

Muitos jovens vêem ou já viram pornografia online, o que está a preocupar especialistas no Reino Unido. Uma investigação patrocinada pela Comissão de Proteção de Menores do Reino Unido alerta para os perigos dos jovens ficarem "insensíveis" por verem estes conteúdos.

Arquivo Reuters

Na investigação, conduzida no Reino Unido, foram questionados 1001 jovens entre os 11 e os 16 anos: 65% dos adolescentes entre os 15 e os 16 já tinham visto pornografia e 28% dos jovens entre os 11 e os 12 afirmaram também já ter visto este tipo de conteúdos.

Mais de um terço dos rapazes entre os 13 e os 14 anos e um quinto dos rapazes entre os 11 e os 12 anos disseram que queriam copiar o comportamento que tinham observado.

O estudo identificou ainda mais rapazes que raparigas a assumirem terem visto pornografia online por escolha, e não por acidente - essencialmente em computadores portáteis ou smartphones.

Cerca de 14% dos inquiridos admitiram já ter tirado imagens suas, nus ou semi nus.

"Mesmo que muitos jovens digam que não virma pornografia online, é preocupante que muitos acabem por vê-la acidentalmente. Se os rapazes acreditarem que a pornografia representa a realidade das relações sexuais, isto pode levar a perspectivas desadequadas das raparigas e das mulheres. As raparigas podem sentir-se pressionadas a assumir estas interpretações irrealistas, e talvez controversas, do sexo", explica uma das autoras do estudo, Elena Martellozzo.

"Sabemos, pelas nossas pesquisas, que muitos jovens se sentem chocados, confusos ou enojados por aquilo que vêem, e é noso dever ajudá-los a questionar, desafiar e dar-lhe sentido", acrescenta Anne Longfield, da Comissão para as Crianças do Reino Unido.

A investigação é publicada uma semana depois de ter sido divulgado que muitas raparigas vestem calções por baixo das saias da farda escolar, para evitar assédio sexual nas escolas.

Os especialistas deixam o alerta: a indústria e os governos precisam de se responsabilizar mais para assegurar que os jovens são protegidos.

  • "A nossa lei tem demasiados buracos"
    0:44

    País

    Rui Cardoso acusa a classe política de não querer resolver os problemas da corrupção em Portugal. Entrevistado na Edição da Noite da SIC Notícias o magistrado do Ministério Público considera que ainda há um longo caminho a percorrer no combate à corrupção.

  • Salah Abdeslam deixa cadeira vazia na leitura da sua sentença
    2:05

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo: um tiroteio em março de 2016, em Bruxelas. Tanto Salah Abdeslam como o cúmplice não quiseram estar na leitura da sentença. O julgamento de Salah Abdeslam pelos ataques de Paris só deverá acontecer no próximo ano, em França.

  • Beyoncé e a irmã caem e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.