sicnot

Perfil

Mundo

Polícia recusa cumprimentar Presidente e primeiro-ministro de França

Um polícia francês recusou-se hoje a cumprimentar numa cerimónia oficial o Presidente de França, François Hollande, e o primeiro-ministro, Manuel Valls, como forma de protesto contra a falta de meios para o exercício da profissão.

© Philippe Wojazer / Reuters

A comunicação social francesa reproduziu imagens em que se pode ver como o polícia recusou estender a mão a François Hollande quando este se despedia de cada um dos agentes na formatura, no final da homenagem em Versalhes em memória do casal de funcionários de uma esquadra, assassinado na segunda-feira.

Hollande, não parecendo incomodado, avançou para cumprimentar o agente seguinte da coluna, mas quando o polícia voltou a violar o protocolo com Valls, o primeiro-ministro parou, a exigir o cumprimento, que continuou a ser-lhe negado.

O agente, que trabalha na esquadra de Mantes-la-Jolie, na mesma localidade do assassino, disse a um jornalista da cadeia TF1 que tentou expressar como as forças de ordem reprovam a falta de meios.

"Temos três veículos para 40. O que se deve fazer? Atuar!" terá dito o agente a Manuel Valls, mas lamentou que o chefe do Governo não ouviu todos os argumentos.

Lusa